Mercado

Kwanza deprecia 10,8% face ao Euro

10/01/2018 - 09:00, Banca, featured

A moeda nacional, o kw­anza, nesta semana sofreu uma depreciação de 10,8% face ao dólar e de 18,9% face ao euro, resultado do novo regime flutuante cambial em vigor, segundo dados do Banco Nacional de Angola (BNA).

Segundo o comunicado do Banco Nacional de Angola, o primeiro leilão do novo regime cambial vendeu 83,6 milhões de euros, a compra de cada dólar ficou ontem cotada, à taxa de câmbio oficial, em 184,528 kwanzas, contra os anteriores 166 kwanzas, ao que euro, a compra, passa a custar 220,160 kwanzas, face aos anteriores 186 kwanzas.

O documento, esclarece que que a depreciação do kwanza resulta da aplicação das novas regras cambiais, pela primeira, em leilão de divisas (euros) por parte do BNA à banca comercial, e quando as Reservas Internacionais Líquidas do país estão em mínimos históricos, de 15.000 milhões de dólares, devido à crise da cotação do petróleo.

Os preços indicativos propostos pelos bancos comerciais vão passar a definir o novo regime flutuante cambial no país, conforme informação do BNA, que já definiu o intervalo de cotação deste modelo. Em reunião extraordinária do Comité de Política Mo­netária (CPM) do BNA, realizada no dia 4 deste mês aquele órgão definiu “os limites mínimos e máximo da banda cambial” deste novo modelo.

No comunicado libertado no final da reunião do CPM de 4 de Janeiro é explicado que o regime cambial que vigorou até à data consistia numa taxa de câmbio “administrada”, determinada pelo BNA, “independentemente da relação entre a procura e a oferta”. “Doravante, o Banco Nacional de Angola adopta um regime cambial caracterizado pela flutuação da taxa de câmbio dentro de um intervalo, com um limite máximo e um limite mínimo.

Por outro lado, o BNA esclareceu que doravante passará a organizar leilões de compra e venda de moeda estrangeira, nos quais os participantes, caso dos bancos comerciais, indicam o preço para a compra ou venda de moeda estrangeira.

 

Gosta deste artigo? Partilhe!

Deixe o seu comentário

You must be logged in to post a comment.