Mercado

Inclusão financeira garante solvabilidade do crédito bancário

24/09/2015 - 14:10, Banca, Banca

As instituições bancarias que operam no país foram recomendadas a ampliarem as plataformas electrónicas necessárias e a reflectirem no planeamento financeiro de cada cliente aspirante à obtenção de crédito bancário. A exortação procede do governador do Banco Nacional de Angola (BNA), José Pedro de Morais Júnior, que discursava por ocasião do lançamento do estudo Banca […]

As instituições bancarias que operam no país foram recomendadas a ampliarem as plataformas electrónicas necessárias e a reflectirem no planeamento financeiro de cada cliente aspirante à obtenção de crédito bancário.

A exortação procede do governador do Banco Nacional de Angola (BNA), José Pedro de Morais Júnior, que discursava por ocasião do lançamento do estudo Banca em Análise organizado pela consultora Delloitte na passada terça-feira

Considerou ser da responsabilidade dos próprios bancos concedente do crédito, ao invés de o banco simplesmente rodear-se de todo o tipo de garantias e deixar por conta do cliente a responsabilidade de obter ‘educação financeira’, para compreender os riscos que as taxas de juro elevadas e os prazos relativamente curtos de reembolso podem constituir uma ameaça à solvabilidade do crédito bancário”, afirmou.

O governador mostrou-se “particularmente satisfeito por o estudo ‘Banca em Análise’ abordar o tema da inclusão financeira como meio de aumentar a bancarização dos fluxos de rendimentos na economia”.

 

Gosta deste artigo? Partilhe!

Deixe o seu comentário

You must be logged in to post a comment.