Mercado

Internacionalização no ADN do Atlântico

19/09/2016 - 11:29, Banca, Banca

O Banco Atlântico Europa celebra sete anos de actividade. Nos próximos sete quer continuar a crescer.

Por Rosália Amorim 

Na conquista ao Velho Continente desde há sete anos, o banco de direito comunitário Atlântico Europa, com sede em Lisboa, comemorou o aniversário no dia 15 de Setembro. Desde a abertura que a instituição tem vindo a crescer, a somar activos, clientes e novos mercados. Veja-se 2015, que para o Atlântico Europa foi o ano de alargamento da sua base de actuação, ao mercado da Namíbia.

Com a abertura de uma sucursal em Windhoek, após garantida a licença do Banco Central da Namíbia para operar no país, foi dado mais um passo na estratégia de internacionalização da marca Atlântico. A entrada neste destino permitiu optimizar sinergias das operações em três geografias: Portugal, Angola e Namíbia. Para a implementação e credibilidade neste país africano foi determinante a obtenção da autorização junto da BaFin, Autoridade Supervisora dos Mercados Financeiros da Alemanha, para o início de oferta de produtos do Atlântico Europa neste país.

Na prática, isso veio a acontecer em parte através da parceria institucional com a Savedo, fornecedor online de soluções de poupança. Fruto de uma estratégia de crescimento que, de acordo com a administração do banco, assenta em quatro pilares fundamentais – rigor, sigilo, segurança das operações e inovação –, os resultados da actividade bancária continuaram a evidenciar solidez financeira.

O Atlântico Europa fechou o ano de 2015 com um resultado líquido de 4,3 milhões de euros, tendo registado um aumento de 14% face ao ano anterior, mantendo a tendência de crescimento de dois dígitos que se tem verificado na evolução dos principais indicadores de actividade do banco desde o ano de 2012 até agora.

De acordo com o banco, a aposta continuou centrada nos objectivos estratégicos de diversificação e de inovação da oferta de produtos e ser viços, aumento da base de clientes e do seu envolvimento, fortalecimento da capacidade comercial e dinamização de todos os canais. A contínua melhoria do serviço ao cliente também marca estes sete anos de vida, sobretudo o último, com a criação de iniciativas como, por exemplo, a disponibilização de uma plataforma de abertura de conta on-line e melhoria da plataforma de digital banking, a criação de um centro de apoio ao cliente e o lançamento da primeira campanha institucional do banco em Portugal, com vista a incrementar a notoriedade da marca Atlântico no mercado lusitano.

Além disso, o Atlântico Europa tem investido no alargamento da oferta de produtos e serviços de investimento e poupança para clientes particulares, e de soluções de trade finance e tesouraria personalizadas.

Gosta deste artigo? Partilhe!

Deixe o seu comentário

You must be logged in to post a comment.