Mercado

Jerome Powell. O novo líder da Reserva Federal

05/02/2018 - 10:37, Banca

“Comprometo-me a tomar decisões com objectividade (…) na longa tradição de independência da política monetária”, declarou Powell em Novembro.

Por Dinheiro Vivo | Lusa 

Jerome Powell assumiu a partir de 3 de Fevereiro a liderança da Reserva Federal (Fed), banco central norte-americano, num mandato que se espera de continuidade em relação à política de Janet Yellen.

“Comprometo-me a tomar decisões com objectividade (…) na longa tradição de independência da política monetária”, declarou Powell em Novembro, depois de ser anunciada a sua escolha pelo Presidente norte-americano, Donald Trump.

Powell, 64 anos, já integrava a Fed desde 2012, nomeado pelo presidente democrata Barack Obama, depois de ter ocupado funções no Departamento do Tesouro na administração de George Bush pai.

A nomeação de Powell para o banco central foi vista como um gesto de boa vontade da administração democrata em relação aos republicanos. No cargo, trabalhou com o então presidente da Fed, Ben Bernanke, e depois mais quatro anos com a democrata Janet Yellen, 71 anos, a primeira mulher a chefiar o banco central norte-americano, tendo apoiado sempre as decisões de política monetária aprovadas no mandato desta. “Não deve haver uma mudança significativa na política monetária com Powell”, afirmou à AFP Tim Duy, professor de economia e especialista em questões relacionadas com a Fed.

Considerado um homem capaz de criar consensos, Powell é descrito pelo próprio Ben Bernanke como “um conciliador com reputação de moderado”. Mas, há também algumas vozes que já manifestaram preocupação com a hipótese de Powell vir a ceder às pretensões de Trump e permitir um alívio das medidas de regulação financeira adoptadas após a crise de 2008. Esta é a primeira vez em três décadas que o presidente da Fed não é formado em Economia.

Nascido em Washington em 4 de Fevereiro de 1953, Jerome “Jay” Powell, casado e pai de três filhos, formou-se em Ciências Políticas na Universidade de Princeton (Nova Jérsia) e depois em Direito na Universidade de Georgetown (Washington). Advogado de negócios, foi nomeado subsecretário do Tesouro por George H.W Bush em 1992, encarregado das instituições financeiras. Powell tem uma fortuna avaliada entre 20 milhões e 55 milhões de dólares, mas que poderá rondar os 100 milhões de dólares, segundo a Associated Press.

Gosta deste artigo? Partilhe!

Deixe o seu comentário

You must be logged in to post a comment.