Mercado

Multicaixa com recorde de levantamentos

07/08/2017 - 12:02, Banca

Os clientes dos bancos angolanos levantaram mais de 22 milhões de euros por dia nos primeiros seis meses de 2017, um novo máximo.

Segundo dados da Empresa Interbancária de Serviços (EMIS), compilados pela Lusa, os levantamentos feitos nas 2.920 Caixas Automáticas instaladas em todo o país ascenderam, nos primeiros seis meses do ano, a 766.584 milhões de kwanzas (3.955 milhões de euros). Em todo o ano de 2016, esses levantamentos foram de 1,406 biliões de kwanzas (7.258 milhões de euros), o equivalente, em média, a 20 milhões de euros por dia, que já tinha sido o valor mais elevado registado na rede multicaixa.

Este crescimento acompanha o aumento do número de cartões activos, que no primeiro semestre de 2017 disparou para 5.523.045 cartões válidos, dos quais 3.717.768 estavam em situação de ativos, sendo por isso utilizados regularmente.

A empresa EMIS anunciou para o segundo semestre do ano a possibilidade de levantamento de dinheiro nas caixas ATM sem necessidade de cartão multicaixa, funcionalidade em fase final de implementação desde Março.

Este serviço, que permite o levantamento de dinheiro na rede multicaixa com recurso apenas a um telemóvel, surge depois da aprovação, a 22 de Fevereiro de 2017, em reunião do Conselho de Ministros, da estratégia do sistema de pagamentos móveis.

Em declarações à imprensa no final da reunião, o ministro das Telecomunicações de Angola, José Carvalho da Rocha, disse que o decreto presidencial que viabiliza o sistema de pagamentos móveis de Angola foi aprovado com o objectivo de se colocar à disposição da população mais um sistema de pagamento assente nas redes de telemóveis.

De acordo com a EMIS, este novo sistema consiste na selecção do envio de dinheiro de um utilizador para outro, recorrendo à rede multicaixa, em que apenas o primeiro tem de ter conta bancária, na qual será debitado o valor da transferência.

A operação obrigará à introdução do número do telemóvel do destinatário da transferência, que posteriormente receberá um código da EMIS com o qual poderá concretizar o levantamento da quantia enviada electronicamente, sem necessidade de conta bancária ou cartão multicaixa.
A EMIS, que gere toda a rede interbancária angolana, terminais ATM e de pagamento, garante que o sistema deverá estar operacional até ao início do terceiro trimestre deste ano, aguardando apenas a regulamentação por parte do BNA.

Gosta deste artigo? Partilhe!

Deixe o seu comentário

You must be logged in to post a comment.