Mercado

Transacções em divisa ganham novas regras

05/11/2015 - 16:20, Banca, Banca

A Associação Angola de Bancos esclareceu em comunicado que as medidas que os bancos têm vindo a tomar, e que continuarão a ser reforçadas, nomeadamente a redução da entrega de notas em moedas estrangeiras aos clientes que viajam, resultam das imposições feitas pelas autoridades nos países emissores das moedas estrangeiras para assegurar o cumprimento das […]

A Associação Angola de Bancos esclareceu em comunicado que as medidas que os bancos têm vindo a tomar, e que continuarão a ser reforçadas, nomeadamente a redução da entrega de notas em moedas estrangeiras aos clientes que viajam, resultam das imposições feitas pelas autoridades nos países emissores das moedas estrangeiras para assegurar o cumprimento das regras de prevenção contra o branqueamento de capitais e o financiamento do terrorismo impostas.

Amílcar da Silva, presidente da ABANC informa que Angola deve cumprir com as exigências uma vez que está inserida no mercado financeiro internacional e sendo importadora de numerário emitido por outros países (principalmente os Estados Unidos e a União Europeia), sob pena de ficar excluída daqueles mercados internacionais.

De acordo com o comunicado os bancos comerciais precederão doravante com a redução continuada da entrega de notas em moeda estrangeira aos clientes que viajam, solicitando que estes utilizem em substituição, cartões de pagamento de aceitação internacional (tais como cartões de crédito débito e pré-pagos) bem como transferências bancárias, respeitando a lei e regulamentos cambiais aplicáveis

No caso da venda de notas para viagem, sempre que possível, essas serão efectuadas na moeda utilizada no país de destino do cliente;

Limitação dos levantamentos de notas a partir de contas denominadas em moeda estrangeira, podendo estas continuar a ser movimentadas através de transferências para outras contas domiciliadas em bancos angolanos, ou bancos estrangeiros, respeitando a legislação e regulamentação cambial em vigor. De notar que as contas manter-se-ão denominadas em moeda estrangeira. As restrições apenas afectam a movimentação através de levantamentos em numerário nas moedas de denominação.

Gosta deste artigo? Partilhe!

Deixe o seu comentário

You must be logged in to post a comment.