Mercado

Inflação volta aos dois dígitos (10,41)

21/08/2015 - 18:16, Consumo

O custo de vida no País em Julho foi de 10,41 %, mais 3,43 pontos percentuais que no mesmo período do ano passado. Ao nível da variação mensal, o poder de compra desvalorizou 1,14 % em Julho face a Junho, segundo os dados divulgados pelo Instituto Nacional de Estatística (INE) sobre o Índice Nacional de […]

O custo de vida no País em Julho foi de 10,41 %, mais 3,43 pontos percentuais que no mesmo período do ano passado. Ao nível da variação mensal, o poder de compra desvalorizou 1,14 % em Julho face a Junho, segundo os dados divulgados pelo Instituto Nacional de Estatística (INE) sobre o Índice Nacional de Preços no Consumidor.

A informação do Instituto Nacional de Estatística refere que os preços da classe das bebidas alcoólicas e tabaco, com 1,63 %, foram os que registaram o maior aumento, mas que, nesse mesmo período, também se destacaram os aumentos verificados nas classes alimentação e bebidas não alcoólicas (1,32 %),  educação (1,28 %) e bens e serviços diversos (1,27 %).

A classe de alimentação e bebidas não alcoólicas foi a que mais contribuiu para o aumento do nível geral de preços, com 0,62 pontos percentuais durante o mês de Julho, seguida das classes de habitação, água, electricidade e combustíveis com 0,13 pontos percentuais.

Destacam-se também os aumentos dos preços verificados nas classes mobiliárias, equipamento doméstico e manutenção com 0,08 pontos percentuais e bens e serviços diversos com 0,07 pontos percentuais. As restantes classes tiveram taxas inferiores.

Em Luanda os preços subiram 1,35 %, no Zaire subiram 1,10 % e no Bié um por cento. As províncias de Benguela e Cabinda foram a que tiveram menor variação, com 0,59 % e 0,62 % respectivamente.

Gosta deste artigo? Partilhe!

Deixe o seu comentário

You must be logged in to post a comment.