Mercado

AngoAlissar celebra 25 anos no sector de distribuição alimentar

11/05/2017 - 16:17, Distribuição

Durante os próximos dois anos, a empresa pretende alargar a sua rede de distribuição chegando a mais de 100 pontos de venda por toda Angola.

A empresa de distribuição alimentar AngoAlissar comemorou ao fim de Abril, 25 anos de presença e crescimento no mercado angolano.

“Festejamos porque são 25 anos a investir, a crescer e a acreditar no país – estas são mais do que razões para se comemorar. Estamos convictos que a aposta na diversificação da economia e na formação e capacitação dos cidadãos é o caminho a seguir”, afirmou a Administração da AngoAlissar.

Com o modelo de negócio de distribuição a grosso, foi a primeira empresa a disponibilizar e garantir quantidades vastas de produtos alimentares de forma consistente e sustentável. Hoje a empresa está presente de Cabinda ao Cunene através dos seus próprios 80 pontos de venda.

Ao todo emprega cerca de 3.000 pessoas, 92% delas nacionais, nas quais tem apostado continuamente ao longo dos anos e, sobretudo, a partir de 2011, graças à criação da Academia AngoAlissar, sendo este projecto um dos seus maiores desafios.

Sobre a AngoAlissar

Fundada em 1992 em Angola, a AngoAlissar, é das principais empresas de distribuição de produtos alimentares da cesta básica e de produtos de grande consumo (FMCG) dos quais é também distribuidor exclusivo de marcas internacionais, tais como a Danone, Red Bull, Paladin, So Klin, A Vaca Que Ri, Gallo, Lux, Johnson & Johnson, etc.

Vende e distribui produtos a grosso em 12 províncias angolanas, respondendo assim à nova distribuição estruturada no mercado. A distribuição moderna, tendo como alvo a venda em hipermercados, Cash&Carry e lojas de conveniência, bem como nos canais de venda tradicional, grossistas locais, retalhistas e ainda pequenas lojas tradicionais.

A distribuição da AngoAlissar é optimizada por pontos de venda próprios. Durante os próximos dois anos, a sua rede será alargada chegando a mais de 100 pontos de venda por toda Angola.

Pretende este ano alargar a representação e distribuição a produtos produzidos no País.

Gosta deste artigo? Partilhe!

Deixe o seu comentário

You must be logged in to post a comment.