Mercado

Governo de Cabo Verde afirma não ter condições para subsidiar vôos da TAAG

04/11/2016 - 11:37, Business

Ulisses Correia e Silva explicou que o Executivo cabo-verdiano não tem condições para conceder subsídios ou isenções.

O  primeiro-ministro de Cabo Verde, Ulisses Correia e Silva, garantiu não haver possibilidade para o seu Governo subsidiar os vôos da TAAG entre Luanda e Praia, com escala em São Tomé. Em entrevista ao Voice of America, o político explicou que  os Transportes Aéreos de Cabo Verde “tem problemas que bastem”.

Foi explicado que a companhia enfrenta problemas de sustentabilidade e que o seu Executivo não tem condições para conceder subsídios ou isenções.

Entretanto, convista a resolver a questão, adiantou terem sido accionados canais próprios, avança o Jornal Expresso das Ilhas.

Gosta deste artigo? Partilhe!

Deixe o seu comentário

You must be logged in to post a comment.