Mercado

Produção de micro alga será realizada em 18 meses

06/02/2017 - 16:50, Business

O projecto resulta da parceria do Ministério das Pescas com a Organização das Nações Unidas para a Alimentação e Agricultura (FAO) com a colaboração da Associação Nacional de Aquicultores.

A produção da micro alga, Espirulina, será desenvolvida em Angola, num período de 18 meses. Numa primeira fase, será instalado uma unidade no Centro de Formação e Processamento do Ngolome, situado na província do Cuanza Norte,para o cultivo da micro alga, avança Angop.

O projecto avaliado em 250 mil USD resulta da parceria do Ministério das Pescas com a Organização das Nações Unidas para a Alimentação e Agricultura (FAO) com a colaboração da Associação Nacional de Aquicultores.

Segundo a ministra das Pescas, Victória de Barros Neto, em dez hectares dessa alga podem ser fornecidos suplementos em vitaminas e sais minerais ao meio milhão de pessoas.

Além disso, explicou que a produção da micro alga possibilitará dinamizar a exportação para obtenção de divisas no País.
A primeira experiência de produção da “Espirulina” no país ocorreu em 2013 e 2014, no Kikuxi, município de Viana, em Luanda.

Gosta deste artigo? Partilhe!

Deixe o seu comentário

You must be logged in to post a comment.