Mercado

Angola move-se com “dinheiro, empreendedorismo e vida”

01/11/2016 - 11:02, Capital Humano, Empreendedor

Esta edição, marcada por uma forte presença de oradores, o objectivo foi encontrar resposta à questão: “O que Move Angola?”.

Por André Samuel 

andre.samuel@mediarumo.co.ao

Esta segunda edição destaca-se pela abrangência das temáticas abordadas em relação ao evento do ano passado, que se centrou unicamente no aspecto da liderança. A organização procurou acrescer a este os temas “Dinheiro”, “Empreendedorismo” e “Vida”.

Nesta edição marcada por uma forte presença de oradores, 10 no total, sendo quatro cabeças-de-cartaz e seis 6 oradores no formato pit stop(nunca antes feito no País) ,o objectivo foi encontrar resposta à questão: “O que Move Angola?”
Para o fundador da Move Angola e da Mentora Academia de Liderança, Dárdano Santos, os temas seleccionados impactam a sociedade na medida em que a despertam de que Angola se Move com atitude, trabalho, foco e com a sua gente.

“Dando oportunidade a líderes dessas áreas de mostrarem soluções que levem a acções e gerem impacto para que todos possamos, mais do que saber, estar de facto comprometidos, porque o presente e futuro dependem de nós.”
Dárdano debruçou-se sobre o modelo de liderança do século XXI, onde refutou o princípio segundo o qual existam pessoas certas para cargos certos. Da sua experiência de mais duas décadas, acredita que liderança é colocar as pessoas improváveis nos lugares certos.

Por outro lado, rebate o facto de o modelo de liderança mundial associar a liderança a cargos, dando a entender a existência de um grupo de indivíduos carismáticos destinados a determinados cargos e de outros cujo destino é seguirem estes.

“Não acredito nesta estrutura de pensamento, pois ser líder é ser um agente de transformação do mundo independentemente do cargo ocupado.”

Já o orador internacional e presidente da Oakmark (business accelerator) Paulo de Vilhena partilhou com os presentes os princípios fundamentais do sucesso, não importando como cada um defina o triunfo.

“Um deles é o princípio da responsabilidade, que se resume na habilidade de encontrar respostas. Não importam os desafios que a vida me traz, mas importam as respostas que encontre para isso. Se o critério de sucesso for a forma física, o dinheiro ou capacidade de estabelecer relações sociais ou amorosas gratificantes, depende da minha capacidade de encontrar respostas.”

Outro princípio abordado pelo orador, que também é autor de seis livros de negócios, é o da causa e do efeito, segundo o qual não há efeitos espontâneos, tudo são efeitos com causas bem determinadas a montantes, ou seja, dependem de um encadeamento de causas que resultam num determinado efeito.

“As pessoas só acham que as coisas lhes acontecem quando se trata de incidentes maus, nenhum multimilionário acha que lhe aconteceu ficar nesta condição, ou que m tem uma forma física excelente por acaso, tudo é preparado, é um efeito com causas determinadas a montante”, defende.

O princípio da ecologia é um entendimento das leis, dos princípios que regulam o universo e que nos obrigam a alinharmos com eles para atingirmos o sucesso em que área for.

Por outra, o certame deu lugar a novos talentos nos pit stop, onde a nutricionista Marinela Tito abordou o tema “Vida”, despertando a atenção para as escolhas de uma vida mais saudável como factor de sucesso.

Gosta deste artigo? Partilhe!

Deixe o seu comentário

You must be logged in to post a comment.