Mercado

Crise “abate” sector hoteleiro angolano

28/06/2017 - 16:21, Gestão

O presidente da AHRA afirma que unidades operam a 20% abaixo da capacidade.

Os estabelecimentos hoteleiros registam uma queda das receitas de cerca de 80%, o que levou muitos deles à falência. A afirmação feita pelo presidente da Associação dos Hotéis e Resorts de Angola (AHRA), Armindo César, ao intervir no encontro sobre “Os impostos aplicados à actividade hoteleira”, realizado em parceria com a Administração Geral Tributária, precisou que a crise afectou as unidades hoteleiras do país de uma forma grave a partir de 2014.

“Regista-se actualmente uma quebra acentuada das taxas de ocupação dos hotéis, havendo muitas unidades a operarem abaixo de 20% da sua capacidade”, adiantou o presidente da AHRA, que acrescentou haver muitos estabelecimentos cujo taxa de ocupação não excede 5,0%.

Armindo César frisou que a situação agravou-se com a diminuta entrada de turistas, em resultado, nomeadamente, “da burocracia existente na atribuição de vistos de entrada ao país de estrangeiros.”

Gosta deste artigo? Partilhe!

Deixe o seu comentário

You must be logged in to post a comment.