Mercado

Warren Buffett faz a maior compra de sempre

03/09/2015 - 11:41, Capital Humano, Empreendedor

O investidor norte-americano pagou 37,2 mil milhões USD pela Precision Castparts, empresa que fabrica peças para as indústrias aeronáutica e energética.

Por Paulo Narigão Reis | Fotografia Bloomberg

Warren Buffett acaba de bater um recorde ao investir 37,2 mil milhões USD na aquisição da Precision Castparts, a maior de sempre por parte do financeiro de Omaha. A compra da empresa sediada em Portland, no estado norte-americano de Oregon, foi feita através do grupo Berkshire Hathaway, do qual Buffett é presidente e CEO, e inclui a dívida líquida, de 5 mil milhões USD. O investidor, de 84 anos, pagou 235 USD por acção, 21% acima do valor em bolsa no fecho do mercado no dia da aquisição.
A Precision Castparts, que existe desde 1953, fabrica peças para as indústrias aeronáutica e de energia, e entre os seus clientes contam-se a Airbus, Boeing, Lockheed Martin, Northrop Grumman e Bombardier. A Berkshire Hathaway era já um dos principais accionistas da empresa, com 3% do capital. A sua capitalização em bolsa é de 26,6 mil milhões USD e, em 2014, registou uma facturação de 10 mil milhões USD, com lucros de 1,53 mil milhões USD.
“Há muito tempo que admiro as operações da Precision Castparts. Não é por acaso que é o fornecedor de escolha para a indústria aeroespacial em todo o mundo e um dos maiores exportadores dos Estados Unidos”, afirmou Buffett logo a seguir à aquisição, para a qual utilizou parte das reservas de dinheiro da Berkshire Hathaway, avaliadas em 67 mil milhões USD. Deste valor, o terceiro homem mais rico do mundo utilizou 23 mil milhões USD para adquirir a Precision Castparts, com o restante a ser obtido através de empréstimo.
A aquisição foi também defendida pelo chairman e CEO da Precision Castparts, Mark Donegan: “Existe um alinhamento único entre a filosofia de investimento do Warren e a forma como gerimos a empresa a longo prazo. Esta transacção oferece um valor imediato aos nossos accionistas e permite que os nossos funcionários continuem, com o seu excepcional serviço, a oferecer satisfação aos clientes.”
Aposta na indústria
O negócio, que supera a compra da ferrovia Burlington Northern Santa Fe pela Berkshire por 26,5 mil milhões USD em 2010, amplia a investida de Buffett nos sectores industriais e aeroespacial, principalmente nos Estados Unidos. Nos últimos anos, Warren Buffett adquiriu empresas como a Marmon, produtora de componentes industriais, ou a Lubrizol, fabricante de produtos químicos. Estas companhias fazem parte do que o “Oráculo de Omaha” classifica como as “powerhouse five”: empresas não financeiras que são a pedra angular do negócio da Berkshire Hathaway e que incluem ainda a MidAmerican Energy Holding (energia), a Burlington North Santa Fe (caminhos-de-ferro) e a Iscar Metalworking (ferramentas). Esta última, sediada em Israel, foi, em 2006, a primeira empresa que Buffett adquiriu fora dos Estados Unidos.
Para já, Warren Buffett já fez saber que vai “fechar a loja” no que diz respeito a grandes aquisições. “Este negócio retira-nos da procura de mercado por um ‘elefante’ nos próximos 12 meses. Mas vamos comprar algumas coisas mais pequenas nos próximos seis meses”, revelou Buffett à CNBC.

Gosta deste artigo? Partilhe!

Deixe o seu comentário

You must be logged in to post a comment.