Mercado

AIA defende abertura ao investimento estrangeiro sem parceria nacional

10/11/2016 - 17:14, featured, Finanças

José Severino apelou para mais financiamentos e incentivos fiscais para quem investe no interior do País.

O presidente da Associação Industrial de Angola (AIA), José Severino, defendeu a necessidade de uma maior abertura ao investimento estrangeiro em projectos hidroeléctricos, estradas e outros, que concorrem para o crescimento do sector agrícola e não só, sem necessariamente parcerias do empresariado nacional, avança Angop.

Severino esboçou a sua opinião durante o primeiro workshop sobre mecanismos de acesso ao financiamento, incentivos e benefícios fiscais, promovido quarta-feira pela SODEPAC (Sociedade de Desenvolvimento do Pólo Agro-Industrial de Capanda), em Malanje.

Para si, a actual situação de abrandamento do crescimento económico do País e do mundo remete para promoção do investimento estrangeiro, contudo por vezes não há disponibilidade do Estado e da Banca nacional de cobrir os custos decorrentes destes investimentos.

Para inverter o quadro de dependência ao petróleo, lembrou que a aposta na agricultura é segura. “O país tem condições objectivas para que a agricultura venha a conhecer dias melhor, a julgar pelas terras aráveis de que dispõe, água abundante e clima favorável para a mesma prática”, acrescentou.

José Severino apelou para mais financiamentos e incentivos fiscais para quem investe no interior do país, tendo em atenção as dificuldades com que os investidores angolanos se deparam para instalar os seus projectos.

Gosta deste artigo? Partilhe!

Deixe o seu comentário

You must be logged in to post a comment.