Mercado

Complexidade do Bloco 48 reduz Prémio de investimento

28/12/2017 - 13:50, featured, Markets

A proposta de Lei do Prémio de Produção e Investimento de Petróleo vai permitir, a médio prazo, o início das actividades de prospecção de hidrocarbonetos no Bloco 48.

Ao falar à imprensa no final da sessão orientada pelo Presidente da República, o ministro dos Recursos Minerais e Petróleos, Diamantino Azevedo afirmou que a Sonangol detém, desde 2015, a concessão de Bloco 48, localizado em águas profundas.

“ Devido ao tipo de contrato, houve a necessidade de solicitar a conclusão do Prémio de Investimento, por se tratar de um bloco em águas profundas, com características próprias e complexas para sua prospecção”, disse o ministro.

Por outro lado, o ministro esclareceu ainda, que não se trata de um contrato de partilha mas sim, de risco, o que implica dizer que vai se criar incentivos, tendo em conta o actual preço do petróleo no mercado internacional.

De recordar, que no início do mês em curso, a Sonangol e a multinacional Total assinaram, em Luanda, vários acordos para o relançamento da produção em vários campos petrolíferos, com destaque para o Bloco 48, situado em águas ultra profundas.

 

Gosta deste artigo? Partilhe!

Deixe o seu comentário

You must be logged in to post a comment.