Mercado

AGT prevê arrecadar 1,4 biliões de kwanzas em 2015

10/12/2015 - 15:06, Finanças

A Administração Geral Tributária prevê arrecadar neste ano 1,4 biliões Kz (10,3 mil milhões USD), montante inscrito no Orçamemto Geral do Estado 2015 revisto, disse nesta quinta-feira, em Luanda, José Dinis Dungo, director do Centro de Estudos Tributários da AGT, citado na página electrónica das Finanças. José Dinis Dungo atestou que existem sinais animadores da […]

A Administração Geral Tributária prevê arrecadar neste ano 1,4 biliões Kz (10,3 mil milhões USD), montante inscrito no Orçamemto Geral do Estado 2015 revisto, disse nesta quinta-feira, em Luanda, José Dinis Dungo, director do Centro de Estudos Tributários da AGT, citado na página electrónica das Finanças.

José Dinis Dungo atestou que existem sinais animadores da AGT cumprir esta previsão.

“Estamos confiantes de que conseguiremos alcançar a estimativa que consta do OGE Revisto 2015, que reflecte uma previsão de 1.4 triliões de kwanzas.”

O responsável realçou ainda a intensidade nos trabalhos do esboço que vai dar forma a versão de 2017 da Pauta Aduaneira. José Dinis Dungo acrescentou ainda que o processo vai colher o parecer dos parceiros sociais.

“É um trabalho continuo, a Pauta Aduaneira está ligada há um sistema harmonizado e actualizado de 5 em 5 anos, e faremos a actualização em 2017 portanto já iniciamos os trabalhos de preparação e discussão. No âmbito deste trabalho vamos ouvir as opiniões dos parceiros sociais, vamos fazer estudos, e determinar se os impostos nesta vertente estão adequados.”

Recorde-se que a AGT promove desde junho do corrente ano, por todo o país, uma campanha de sensibilização para o pagamento de impostos. O projecto visa criar cultura de pagamento de impostos, e tem nesta fase como público-alvo estudantes e operadores económicos. Até ao momento a AGT já atingiu acima de 4 mil cidadãos potenciais disseminadores da cultura de pagamento de impostos.

 

 

 

Gosta deste artigo? Partilhe!

Deixe o seu comentário

You must be logged in to post a comment.