Mercado

Davos 2017: Joe Biden acusa Rússia de ser uma ameaça à ordem mundial

19/01/2017 - 09:27, Global Report

“Com muitos países na Europa prestes a realizar eleições neste ano, devemos esperar novas tentativas da Rússia de se intrometer no processo democrático. Isso vai acontecer novamente, garanto. E novamente o propósito é claro: derrubar a ordem liberal internacional”, disse o vice-presidente norte-americano, citado pela Reuters.

Por Jornal Económico 

O vice-presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, disse, em Davos, que a Rússia é a maior ameaça à ordem liberal internacional e apelou a uma concertação americana com os Estados europeus para fazer face ao problema.

Biden alertou, no discurso do Fórum Económico Mundial, que a Rússia tentará influenciar as eleições que vão ocorrer na Europa este ano.

“Com muitos países na Europa prestes a realizar eleições neste ano, devemos esperar novas tentativas da Rússia de se intrometer no processo democrático. Isso vai acontecer novamente, garanto. E novamente o propósito é claro: derrubar a ordem liberal internacional”, disse o vice-presidente norte-americano, citado pela Reuters.

O último grande discurso de Biden ocorreu dois dias antes da tomada de posse de Donald Trump, que tem adoptado uma postura de conciliação dos EUA com Putin e que elogiou a decisão do Reino Unido em abandonar a União Europeia.

“Sob o presidente Putin, a Rússia está a trabalhar, com todas as ferramentas disponíveis, para talhar as extremidades do projeto europeu, testar as falhas de nações ocidentais e retornar a uma política definida por esferas de influência”, afirmou Biden.

Gosta deste artigo? Partilhe!

Deixe o seu comentário

You must be logged in to post a comment.