Mercado

Lula da Silva acusado pelo MP de ser o comandante do esquema de corrupção da Petrobras

15/09/2016 - 11:15, América Latina, Global Report

Antigo presidente do Brasil é acusado por ter sido o cabecilha de um dos maiores escândalos que o país já assistiu.

Por Económico 

Lula comandou esquema de corrupção na Petrobras, conclui o Ministério Público que acusou formalmente o ex-presidente do Brasil de corrupção e branqueamento de capitais, no âmbito do processo Lava jato.

Há mais sete pessoas que foram também constituídas arguidas.

A investigação do Ministério Público Federal do Paraná concluiu que Lula da Silva (Partido Trabalhista) tinha um apartamento no Guarujá que foi oferecido por uma das empresas construtoras envolvidas no escândalo da Petrobras (petrolífera).

Lula da Silva diz que não é dono do apartamento.

O Ministério Público acusa Lula de ser o comandante supremo do “caso de corrupção Lava Jato”.

“Lula é comandante máximo do esquema investigado na Lava Jato”, diz o Procurador.

Lula terá comandado o esquema de corrupção na Petrobras e actuado, com a empreiteira OAS, no desvio de ao menos 87,6 milhões de reais da empresa de petróleos estatal.

A Lava Jato denunciou formalmente o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva; a ex-primeira dama Marisa Letícia; o presidente do Instituto Lula, Paulo Okamotto; o ex-presidente da OAS José Aldemário Pinheiro, o Léo Pinheiro; Agenor Franklin Magalhães Medeiros, ex-executivo da OAS; Fabio Hori Yonamine, ex-presidente da OAS Investimentos; e os funcionários da OAS Roberto Moreira Ferreira e Paulo Roberto Valente Gordilho.

Gosta deste artigo? Partilhe!

Deixe o seu comentário

You must be logged in to post a comment.