Mercado

May contra direitos iguais para cidadãos da UE que cheguem após ‘Brexit’

02/02/2018 - 09:24, Global Report

“Estou clara de que existe uma diferença entre aqueles que vieram antes da nossa saída e aqueles que vêm quando sabem que o Reino Unido não é mais um membro da UE”, disse a primeira-ministra britânica.

A primeira-ministra britânica, Theresa May, defende que cidadãos da EU que cheguem ao Reino Unido após o Brexit, em Março de 2019, não devem ter direitos totais de residência.

“Estou clara de que existe uma diferença entre aqueles que vieram antes da nossa saída e aqueles que vêm quando sabem que o Reino Unido não é mais um membro da UE”, disse.

Segundo o Jornal Económico, o Reino Unido e a UE estabeleceram um período de dois anos, após 29 de Março de 2019, durante o qual Londres acatará com as regras do bloco, mas sem ter direito a assento no Parlamento Europeu.

Gosta deste artigo? Partilhe!

Deixe o seu comentário

You must be logged in to post a comment.