Mercado

Schäuble critica Comissão Europeia

22/11/2016 - 15:48, Global Report

“Creio que as recomendações da CE vão de certa forma para o destinatário errado”, assegurou o ministro das Finanças alemão numa comparência no Parlamento para defender o projecto de Orçamento do Estado para 2017, que será aprovado definitivamente na sexta-feira.

Por Jornal Económico 

“Creio que as recomendações da CE vão de certa forma para o destinatário errado”, assegurou Schäuble numa comparência no Parlamento para defender o projecto de Orçamento do Estado para 2017, que será aprovado definitivamente na sexta-feira.

O ministro sublinhou que, desde que Angela Merkel chegou ao poder em 2005, a Alemanha em média aumentou 3,3% as receitas e 2,3% os gastos, enquanto o investimento aumentou 3,9% por ano.

Em comparação, adiantou Schäuble, os outros países da União Europeia (UE) aumentaram 2,7% as receitas, 2,5% os gastos e 0,7% o investimento.

A CE erra ao dirigir à Alemanha aquelas críticas, segundo o ministro das Finanças alemão, que considerou que Bruxelas “se desvia” assim da sua missão de supervisionar o cumprimento das normas orçamentais comunitárias.

Schäuble, homem forte e principal defensor das políticas de austeridade na Europa, mostrou-se satisfeito por levar à Bundestag (câmara baixa alemã) o quarto orçamento consecutivo do Governo federal que pressupõe um défice nulo.

Gosta deste artigo? Partilhe!

Deixe o seu comentário

You must be logged in to post a comment.