Mercado

Wikileaks exige a divulgação das declarações de rendimentos de Donald Trump

23/01/2017 - 12:20, Global Report

“A quebra da promessa por Trump da divulgação das suas declarações de rendimentos é ainda mais injustificado que Clinton esconder as transcrições [dos discursos pagos pela] Goldman Sachs”, afirma a organização conhecida por promover a transparência.

Por Jornal Económico 

O Wikileaks quer, a todo o custo, tornar públicas as declarações de rendimentos de Donald Trump, que se recusa a fazê-lo alegando que estaria a ser auditado pelo fisco norte-americano. A organização pede agora a quem consiga aceder aos documentos, para os enviar com o intuito de estes virem a tornar-se públicos.

“A quebra da promessa por Trump da divulgação das suas declarações de rendimentos é ainda mais injustificado que Clinton esconder as transcrições [dos discursos pagos pela] Goldman Sachs”, afirma a organização conhecida por promover a transparência.

Donald Trump é o primeiro presidente desde há quase 50 anos a não divulgar publicamente as suas declarações de rendimentos. O argumento apresentado pelo agora presidente dos Estados Unidos foi mal recebido por vários bilionários, que defendem que as declarações de rendimentos podem ser divulgadas e que a fiscalização por parte das finanças, de que é alvo, não obriga a qualquer sigilo.

Donald Trump escuda-se no eleitorado, afirmando que se eles votaram nele sem saberem quanto é que pagava de impostos, então, agora que não têm mais de escolher quem querem para presidente, também não terão qualquer interesse em saber.

Em declarações ao canal norte-americano ABC, a gestora de campanha de Trump e agora conselheira do presidente, Kellyanne Conway, declarou que “a resposta da Casa Branca é que [Trump] não vai tornar públicas as suas declarações de impostos”.

Depois de conhecida a declaração de rendimentos de Donald Trump serão conhecidos com melhor exactidão quais os interesses financeiros do presidente e os possíveis conflitos de interesse que possa daí decorrer.

Gosta deste artigo? Partilhe!

Deixe o seu comentário

You must be logged in to post a comment.