Mercado

A trotinete a motor que se dobra e arruma

24/09/2015 - 15:43, + Mercado, Negócios do outro mundo

Chama-se Citrus e foi criada pelo designer norueguês Peter Opsvik.

Por Paulo Narigão Reis | Fotografia DR

Arrumação e transporte não são, à partida, conceitos que andem normalmente lado a lado, principalmente nas grandes cidades, onde estacionar o automóvel pode ser uma grande dor de cabeça. O local onde arrumar uma simples bicicleta é, muitas vezes, um grande problema, especialmente se vivemos num apartamento. O designer norueguês Peter Opsvik, criador da famosa cadeira Tripp Trapp – “a cadeira que cresce com a criança”, comercializada pela Stokke, uma espécie de versão norueguesa da Ikea – idealizou e colocou em prática o que pode ser uma solução para a falta de espaço: uma trotinete que se dobra até caber num saco, que já vem incorporado, e que cabe numa arrecadação ou até num vulgar armário.
Opsvik trabalha há mais de uma década na Citrus. O primeiro protótipo foi criado em 2004 mas o projecto acabou por ser posto de parte durante 10 anos. No ano passado, o designer norueguês, que colecciona prémios e galardões desde a última década do século passado, decidiu voltar a experimentar e criou um novo protótipo, mais aperfeiçoado e versátil, no que define como um novo conceito de transporte urbano.
A palavra-chave desta nova versão da Citrus é complementaridade. Opsvik vê a sua trotinete portátil, que funciona com um pequeno motor eléctrico , não como um substituto de outros meios de transporte mas como um complemento, um acrescento. A sua portabilidade permite, por exemplo , que seja transportada facilmente em transportes públicos como o metropolitano , o comboio ou o autocarro. Basta dobrar, fechar e ensacar, e a Citrus transforma-se no que se assemelha a um vulgar carrinho de compras, daqueles que levamos ao supermercado, ou até a um comum aspirador caseiro.
A segurança é outro aspecto importante a ter em consideração. O perigo de roubo ou vandalismo que existe quando, por exemplo, deixamos a nossa bicicleta na via pública desaparece: podemos levar a Citrus para qualquer lado, como se de uma mala de viagem se tratasse.
Este espécie de concorrente do hoje popular Segway ainda não é, por enquanto, comercializada. Peter Opsvik espera que o seu protótipo venha a despertar interesse e tem o conceito disponível para licenciamento. Para já, valeu ao seu criador, já este ano, o prémio Green Product Award, galardão atribuído na Alemanha a projectos de design que contribuam para a sustentabilidade do planeta. Empresas interessadas, precisam-se.

Gosta deste artigo? Partilhe!

Deixe o seu comentário

You must be logged in to post a comment.