Mercado

Brunch With…Tiago Leitão Pereira

24/01/2017 - 10:08, + Mercado, Brunch with

O responsável do Departamento de Seguros de Saúde da SAHAM Angola Seguros defende que os jovens devem esforçar-se mais para obterem uma maior projecção profissional.

Por Líria Jerusa | Fotografia Carlos Muyenga 

De trato fácil, de poucas palavras, Tiago Pereira mostra-se sempre motivado e ávido de aprender, o que o faz tentar superar-se sempre, a todos os níveis. É ele o nosso convidado para o Brunch desta edição.

Oriundo da terra de Camões, mas com raízes angolanas – a mãe é cidadã nacional -, Tiago Pereira passou parte da sua infância em Luanda, mas aos nove anos viu-se obrigado a deixar a sua terra devido ao conflito armado que o País enfrentava na época. “Saí de Angola, fui viver para Lisboa com os meus tios e fiquei por muito tempo afastado dos meus pais”, lembra.

Foi em Portugal que Tiago Pereira fez parte do seu percurso académico, começando pela Escola Primária de Alfornelos. Chegada a altura de entrar para o ensino médio, Tiago Leitão Pereira desejava fazer o curso de Electrónica e candidatou-se a uma das mais concorridas escolas de formação técnico-profissional de Lisboa, a Casa Pia de Lisboa. Com a ajuda do tio com quem vivia, que na altura era professor de Matemática noutra instituição, o seu desejo foi realizado.

“A Casa Pia – Colégio de Pina Manique é uma escola muito concorrida, por oferecer uma óptima preparação profissional e garantir entrada no mercado de trabalho directamente. Era lá que queria estudar”, recorda. O entrevistado não fez o curso pretendido inicialmente, acabando por fazer outra formação relacionada – Instrumentação de Precisão e Controlo. Apesar de não ser a opção inicial, no final acabou por revelar-se uma decisão acertada, por conter as várias componentes que apreciava.

“A minha paixão naquela altura era o curso de Electrónica. Como não havia vaga, apresentaram-me o curso de Instrumentação de Precisão e Controlo, que aceitei”, conta.

Passados anos, como a saudade já apertava, Tiago decide voltar à terra para estar junto da família e concluir os estudos. Já em Angola, obtém uma bolsa de estudos da Sonangol para fazer formação superior em Ciências Náuticas em Glasgow, Escócia.

Após finalizar a formação , começa a trabalhar na Sonangol como oficial da Marinha, ou, como diz, ‘navegador dos mares’.

Segundo o entrevistado, o tempo de marinheiro foi um aprendizado. “Tive a oportunidade de viajar para diversos países. Aprendi muito com as diferentes culturas e a trabalhar em equipa. Serviu como uma grande lição de vida ”, afirma.

Apesar de ter sido uma experiência boa, a vida de navegador não era o destino de Tiago. Foi assim que, em 2009, decide abandonar os mares e regressar novamente a terra, a fim de começar uma nova etapa na sua vida, apostando no tão sonhado curso de Economia. E a Universidade Católica foi a escolha.

A entrada ao mundo dos seguros

Um ano depois, Tiago Pereira acaba por entrar na GA Angola Seguros, actual SAHAM Angola Seguros. “Em Agosto de 2010, tive a oportunidade de entrar para a Companhia por intermédio de uma amiga que, na altura, havia enaltecido as qualidades da seguradora e que a sua actividade se enquadrava muito bem naquilo que era a minha formação”, recorda.

Dentro da Companhia, o trajecto de Tiago Pereira não foi fácil. Começa por desempenhar as funções de assistente de subscrição de apólices, que na sua maioria eram de automóveis, fez algumas formações, nas quais aprendeu muito sobre seguros. “E assim fui evoluindo” explica.

Em 2014, Tiago Pereira é convidado para chefiar o Departamento de Seguro de Saúde da SAHAM Angola Seguros, o que representou um grande desafio, pois, na altura, a empresa havia deixado de oferecer esse serviço. Assim, que que recomeçar do zero e encarar alguns players que já desenvolviam este segmento de mercado.

“Fui desafiado a liderar este Departamento num momento que já havia muita concorrência por parte de outras seguradoras, depois de um certo período sem comercializarmos este tipo de seguro ”, afirma. Apesar de não ter sido fácil, Tiago declara que o seu desempenho na seguradora tem sido bom e considera o trabalho “educativo?, pois a cada dia aprende a superar os seus limites e ir em busca do melhor para a Companhia.

“Para mim, cada dia é um novo desafio, pois não é fácil liderar equipas. Mas tenho comigo o lema que aprendi enquanto oficial da Marinha: Team work to dream work. A união faz a força e cada dia luto ao lado dos meus.

Assumir um cargo de tamanha responsabilidade numa fase em que a Economia do País se encontra tão fragilizada é um “grande duelo” para o jovem director, de acordo com as suas palavras.

Ainda assim, Tiago acredita que este é o momento ideal para mostrar à sociedade que existem jovens capazes de assumirem cargos e em momentos difíceis. “Apesar de ser um momento crucial e um grande desafio , não deixa de ser uma boa oportunidade profissional para mostrar aos jovens e à sociedade em geral que somos capazes de ser bons líderes.

O lado social, sonhos e ambições

Casado e pai de duas meninas, Tiago Pereira não abre mão dos momentos em família, que chega a considerar “sagrados”. Revela ainda que proporcionar uma vida confortável à sua família faz parte dos seus sonhos. Outra grande aspiração do director é ver mais jovens a assumirem cargos de responsabilidades nas organizações públicas e privadas.

Quando questionado sobre os seus ídolos, afirma que a sua mãe é quem mais admira. O director esclarece ainda que, nos momentos de menores apertos laborais, adora estar em família, algo que considera “ideal e indispensável”. Gosta de encontrar-se e conviver com os amigos.

Sobre os seus sonhos, Tiago Pereira diz que a sua maior ambição é “crescer intelectualmente e na carreira profissional”. Quer ser um dos melhores no que faz e transmitir a experiência para sua equipa, não deixando que ela seja totalmente dependente de si, fazendo-a acompanhar a evolução do mercado.

No que toca aos gostos gastronómicos, Tiago Pereira diz ser amante da carne. Não abdica de uma boa música e cinema. Praticar desportos também faz parte dos seus prazeres.

Gosta deste artigo? Partilhe!

Deixe o seu comentário

You must be logged in to post a comment.