Mercado

“Entre o rosto e o rasto da alma dos Khoisans do Cunene” na Trienal

19/05/2017 - 10:58, + Mercado

Esses e outros hábitos e costumes deste povo são retratados num documentário de 50 minutos, realizado por Marisol Kadiegi e produzido pela Televisão Pública de Angola.

Um documentário, da realizadora Marisol Kadiegi, que revela o quotidiano de um dos mais antigos grupos étnicos a habitar o continente berço, será exibido este domingo, 21, às 20h00, na tela da III Trienal de Luanda.

Considerado como um dos povos mais antigos do Continente, os Khoisans, também conhecidos como Bosquímanos ou Sekele, habitam no sudoeste de África. Em Angola, especificamente, encontram-se localizados ao Sul do país, ocupando a província do Cunene e da Huíla.

Estes nómadas, andam até longas distâncias em busca de água, permanecendo por um determinado período de tempo, mas nunca para sempre. Esses e outros hábitos e costumes são retratados num documentário de 50 minutos, realizado por Marisol Kadiegi e produzido pela Televisão Pública de Angola.

“Carnaval – 30 anos de Liberdade”, “Zungueira – a força que nunca cansa”, Xinguilamento – a força dos ancestrais”, “Entre o rosto e o rasto na alma dos khoisans do Cunene”, “Valeu”,”Nós somos – trajectória de uma nação”, “A vida no planeta”, “7MNA (7 maravilhas Naturais de Angola)” e “Angola hoje”, são alguns dos trabalhos realizados e co-realizados por Marisol Kadiegi, produzidos e exibidos pela Televisão Pública de Angola.

Gosta deste artigo? Partilhe!

Deixe o seu comentário

You must be logged in to post a comment.