Mercado

Gil Shohat leva o ‘calor’ angolano para Israel

19/05/2017 - 15:43, + Mercado, featured, Life & Arts

O pianista, compositor e maestro israelita Gil Shohat actuou em Angola, pela primeira vez, num concerto alusivo ao Dia da Independência de Israel.

Por Vânia Andrade | Fotos Carlos Muyenga 

Gil Shohat actuou em Angola, pela primeira vez, no passado dia 4 de Maio, na Casa das Artes, em Talatona. Durante o concerto, vibrou com o público angolano e, no final da actuação, o músico garantiu ao Mercado ter sido uma experiência fantástica. “O público angolano é muito atento e dedicado. Toquei mais de duas horas e ninguém se mexeu na sala, fiquei muito impressionado”, afirmou .

Para além do concerto, o pianista aproveitou a estada para conhecer um pouco da música angolana. Foi convidado de honra do Instituto Superior de Artes da Centralidade do Kilamba, onde foi recebido ao som da música tradicional angolana. Shohat mostrou-se interessado em regressar ao nosso país, para realizar uma iniciativa, eventualmente com o apoio de Oren Rozenblat, embaixador de Israel em Angola, e da sua esposa, Riki. A ideia, disse, é criar “uma produção das mais lindas de toda a África”.

Como recordação, garantiu que leva consigo a forma calorosa como foi recebido. “Os angolanos são muito calorosos, e os israelitas também. Há uma ligação imediata entre os dois povos, adorei”, comentou, deixando um elogio à proprietária e directora da Casa das Artes, Maria João Ganga, destacando a sua “grande sensibilidade”.

Carreira internacional

Considerado um dos ícones da música clássica de Israel e um dos principais músicos da sua geração, Shohat contou ao Mercadoque teve o primeiro encontro com um piano no jardim infantil, aos quatro anos de idade, e que, desde então, andam um com o outro.

“O piano é o instrumento mais rico em termos de sensação de orquestra completa. Por isso, com ele, posso expressar o meu grande amor à música”, frisou.

Leia, mais nesta edição nº104 do Jornal Mercado. 

Gosta deste artigo? Partilhe!

Deixe o seu comentário

You must be logged in to post a comment.