Mercado

O livro que salva vidas

01/10/2015 - 11:34, + Mercado

As páginas do Drinkable Book tornam a água potável e livre de bactérias.

Por Paulo Narigão Reis | Fotografia DR

Este livro não é para ler. E nem é pela sua qualidade literária, que, ainda assim, deve ser superior a muita coisa que é publicada. As poucas palavras impressas que possui são um manual de instruções sobre o que devemos fazer com ele depois de rasgarmos as páginas, que se lêem em poucos segundos e podem salvar vidas.
Expliquemos melhor: as páginas do Drinkable Book , o livro para beber, são na realidade filtros que, em contacto com a água, a tornam potável e livre de bactérias. E como é que isso é possível? As páginas contêm nanopartículas de prata ou cobre que matam as bactérias que contaminam a água. A ideia, agora transformada em realidade, tem a assinatura de Teri Dankovich, investigadora da Universidade Carnegie Mellon de Pittsburgh, nos Estados Unidos. “O livro é dirigido para as comunidades em países em vias de desenvolvimento, às 600 milhões de pessoas no mundo que não têm acesso a água potável”, afirma Dankovich, que trabalhou no projecto durante vários anos. A fase de testes, que já está completa, foi um enorme êxito. Em 25 fontes de água contaminada na África do Sul, no Gana e no Bangladeche, o papel conseguiu eliminar mais de 99% das bactérias. E, apesar de o processo deixar na água alguns resíduos de prata e cobre, estes ficam abaixo dos limites considerados nocivos para a saúde. “Tudo o que é preciso fazer é rasgar uma página do livro, colocá-la num suporte para filtros e fazer correr a água”, explica a investigadora. As bactérias absorvem os iões de prata ou cobre, que se revelam fatais para os micróbios. E uma única página pode limpar até 100 litros de água.

Para saber mais visite: https://drinkablebook.tilt.com/the-drinkable-book

Gosta deste artigo? Partilhe!

Deixe o seu comentário

You must be logged in to post a comment.