Mercado

Patrícia Faria na Trienal de Luanda este sábado

13/04/2017 - 11:43, + Mercado, Life & Arts

Esta será mais uma oportunidade para ouvir e ver a dança da “La Niegra Caliente” na III Trienal de Luanda, depois dos concertos nos dias 29 de Outubro e 25 de Agosto de 2016.

A cantora Patrícia Faria volta a actuar na III Trienal de Luanda. O concerto, da intérprete dos sucessos como “Caroço Quente”, “Kibela”, “Triste Amargura”, “Zanga Kalunga”, “Emé Kya”,“Papa Wa Jimbidila” e “Cama e Mesa” (Pacheco), acontece às 20 horas de sábado, 15 de
Abril, no Palácio de Ferro, no palco “Ngola”.

Patrícia Faria terá o suporte instrumental de Nando Bernardino (bateria), Chico Santos (percussão), Jujú Lutuma (teclado), João Mário (guitarra ritmo), Teddy N´singui (guitarra solo), Mias Galheta (guitarra baixo), Nando Bernardo (bateria), Chico Santos (percussão), Zinha de Almeida e Marinela Bragança (coro).

Esta será mais uma oportunidade para ouvir e ver a dança da “La Niegra Caliente” na III Trienal de Luanda, depois dos concertos nos dias 29 de Outubro e 25 de Agosto de 2016, sendo o segundo no âmbito da III Trienal de Luanda. Salienta-se que Patrícia Faria cresceu num ambiente musical, fazendo parte das Gingas do Maculusso.

Depois de cerca de vinte anos nas Gingas, a cantora optou pela carreira a solo, sendo oano de 2003 o marco com o disco “Emé Kya”. Depois da aceitação do público, lança em 2009 a obra “Baza Baza”. Paty Faria foi a primeira mulher a conquistar o “Top dos MaisQueridos”, com o álbum “Emé Kya”.

Esta obra foi ainda premiada como “Melhor Produção Discográfica”, “Voz Feminina do Ano” e“Semba do Ano”, no “Top Rádio Luanda”, assim como o de “Melhor Intérprete Feminina” no Moda Luanda. De salientar que em paralelo a carreira musical, tem Patys Griff, especializada em trajes africanos e angolanos.

Gosta deste artigo? Partilhe!

Deixe o seu comentário

You must be logged in to post a comment.