Mercado

“Quem classifica a obra de um pintor é quem a observa” – MassoxiArtiz

30/07/2015 - 17:40, + Mercado, Entrevistas

Sidónio Domingos é artista plástico, escritor e professor de desenho cénico. Vai lançar agora o seu primeiro audiolivro.

Por Rosimaria Sousa | Fotografia Njoi Fontes

O pintor e artista plástico trabalha com crianças, no Colégio Graceland, onde está a criar um ATL de pintura e teatro para incentivar a arte às crianças, com o objectivo de enriquecer e divulgar a cultura angolana.
O artista trabalha com mais de 60 crianças, e isto mantém-no bastante motivado por ter a seu cargo o que considera um projecto de grande responsabilidade. Sidónio “MassoxiArtiz”, como prefere ser chamado, diz que o seu trabalho exige análise e correcções constantes. Além da pintura e do teatro, o ATL dá aulas de caligrafia, canto, piano, violão, guitarra, flauta e de actividades físicas. Nas aulas de teatro, por exemplo, procuram transpor toda a mensagem que lhes é transmitida.
Para além de pintor, o ainda jovem angolano de 31 anos é professor de Artes Plásticas e Teatro. Sente alegria em poder dividir e ensinar tudo o que sabe aos mais pequenos e adolescentes, com quem tem convivido diariamente e aprendido coisas novas.
Um dos seus projectos é abrir uma escola para crianças desfavorecidas e ensinar-lhes a arte de pintar, oferecer-lhes a oportunidade de serem alguém na vida, e transmitir para o mundo todas as suas emoções e ideias numa tela colorida.
O artista tem como meta para o próximo ano fazer a sua primeira exposição individual em Angola. Até já escolheu o tema, Reflexões, para onde canaliza grande parte do seu tempo.
As suas obras já foram incluídas em várias exposições colectivas em Angola, Moçambique, Cabo Verde e Portugal. Em 2012, esteve na mostragem do artista brasileiro Zé Rodrigues, na cidade do Piauí, Brasil. Já concorreu aos prémios ENSARTE de 2006, 2008, 2010 e 2012.
Foi convidado a participar na Bienal da CPLP de Moçambique 2004, Portugal 2008, Cabo Verde e São Tomé e Príncipe 2007.
Participou no ano passado no FESTLIP (Festival Internacional de Teatro da Língua Portuguesa), no Brasil. Esteve também no Centro Harém Teatro, uma companhia que é apoiada pelo CESP (Secretaria de Estado para a Cultura do Brasil).
MassoxiArtiz procura explorar outros cantos e culturas, sobretudo o Nordeste brasileiro: “Depois de Angola, tenho o Brasil como a minha segunda casa”, afirma, e alega ter maior reconhecimento nesse país do que na sua terra natal.
“A arte é como a própria essência humana, quem classifica a obra do pintor na sua maioria é quem observa”, refere MassoxiArtiz, quando questionado sobre como interpreta a sua obra. Com relutância, o pintor definiu a arte numa única palavra: “Vida.” Ou seja, um meio de expressão de tudo aquilo que acarretamos ao longo do nosso quotidiano. Caracteriza a sua arte como sendo racionalista, isto é, o olhar para uma situação, buscar o outro lado e procurar transpô-la.

Os primeiros passos do pintor
MassoxiArtiz diz que começou a pintar quando tinha entre 7 e 8 anos. Pensava que eram invenções, aquilo que fazia com objectos abandonados, transformando-os em pequenas esculturas, julgando-se cientista. Aos 8 anos, diz que já conseguia captar a imagem de uma pessoa e transpô-la para um pedaço de papel ou cartolina.
Desde pequeno sentiu a necessidade de firmar e conquistar o seu lugar no mundo. Posteriormente, acabou por entrar para uma escola de teatro. “Nunca desistam dos sonhos e metas. É preciso primeiro acreditar em nós mesmos, para que os outros passem também a acreditar e conhecer o nosso real potencial e valor”, aconselha MassoxiArtiz.
O consagrado artista e escultor angolano Etona foi o grande mentor e impulsionador de Sidónio, que lhe disse certa vez: “Épossível viver da arte.”
No próximo dia 22 de Novembro, Sidónio Domingos fará o lançamento do seu primeiro audiolivro de contos, intitulado Conto das Estrelinhas, pela editora portuguesa Ómega. A obra baseia-se na história de vida e no dia-a-dia das crianças que ensina.

Gosta deste artigo? Partilhe!

Deixe o seu comentário

You must be logged in to post a comment.