Mercado

Tom Jobim, o maestro da bossa nova

15/02/2017 - 09:27, + Mercado, Life & Arts

Reconhecido como um dos mais importantes compositores da segunda metade do século XX, faz parte do popular Music Hall of Fame de Nova Iorque, juntamente com outras estrelas da world music. Esta é a homenagem merecida a este brasileiro que deu um status sinfónico à MPB.

Por Carlos Genilson Silva

António Carlos Brasileiro de Almeida Jobim, mais conhecido pelo seu nome artístico Tom Jobim, foi um compositor, maestro, pianista, cantor, arranjador e violonista brasileiro. Falar da grandeza de Jobim não cabe nestas linhas. Reconhecido dentro e fora do Brasil como um dos mais importantes compositores da segunda metade do século XX, faz parte do popular Music Hall of Fame de Nova Iorque, juntamente com outras estrelas da world music.

É considerado o maior expoente de todos os tempos da música popular brasileira pela revista Rolling Stone e um dos criadores e principais forças do movimento da bossa nova. As suas composições são tão sofisticadas, que deram um status sinfónico à música popular brasileira (MPB). Ele nasceu na cidade do Rio de Janeiro em 25 de Janeiro de 1927, no bairro da Tijuca. Mudou-se com a família no ano seguinte para Ipanema, onde foi criado. Foi precisamente na cidade onde nasceu que Jobim encontrou inspiração para as suas composições.

A ausência do pai, durante a infância e adolescência, impôs-lhe um contido ressentimento, desenvolvendo uma profunda relação com a tristeza e o romantismo melódico, transferida para as construções harmónicas e melódicas. Aprendeu a tocar violão e piano em aulas, entre outros, com o professor alemão Hans-Joachim Koellreutter, introdutor da técnica dodecafónica no Brasil.

Mas foi a sua mãe quem o impulsionou, insistentemente, para se dedicar ao piano. Este instrumento lançou-o para as noites cariocas, desta forma começou sua parceria com Dolores Duran, depois vieram os amigos de longa data: Vinícius de Moraes, Milton Mendonça e João Gilberto, dando início à bossa nova com a composição Chega de Saudade.

A vida e obra de Tom Jobim estão marcadas por centenas de músicas, dezenas de parcerias e duplas inesquecíveis como, por exemplo, com Frank Sinatra. No ano de 1953, as canções Faz Uma Semana e Pensando em Você foram gravadas por Ernani Filho. Ainda nos anos 50, com Vinicius de Moraes, Tom Jobim produziu muitas canções para peças teatrais e filmes. Em 1963, Tom compôs com Vinícius um dos maiores sucessos e possivelmente a canção brasileira mais executada no exterior, Garota de Ipanema. Em 1964, competindo com os Beatles, os Rolling Stones e Elvis Presley, Tom Jobim ganhou o Grammy de Música do Ano com esse tema. Nos anos seguintes, a quantidade de “clássicos” produzidos por Tom é impressionante: Samba do Avião, Só Danço Samba(com Vinícius), Ela É Carioca(com Vinícius), O Morro não Tem Vez, Inútil Paisagem e outros tantos. Nos EUA gravou o seu primeiro disco individual, The Composer of Desafinado Plays, de 1965. O sucesso fora do Brasil fê-lo voltar aos EUA em 1967, para gravar com um dos grandes mitos americanos, Frank Sinatra.

O disco Francis Albert Sinatra & Antonio Carlos Jobim, com arranjos de Claus Ogerman, incluiu versões em inglês das canções de Tom (The Girl From Ipanema, entre outros sucessos). Um dos seus grandes sucessos antológicos, Se Todos Fossem Iguais a Você, foi gravado diversas vezes. O LP Canção do Amor Demais (1958), em parceria com Vinícius e interpretação de Elizeth Cardoso, foi acompanhado pelo violão de um baiano até então desconhecido, João Gilberto.
A orquestração é considerada um marco inaugural da bossa nova, pela originalidade das melodias e harmonias.

Tom Jobim sentia um prazer imenso de contribuir para os projectos musicais de outros artistas, sobretudo no arranjos e instrumentais, contando inclusive com a sua veia compositora. Por este motivo passavam alguns anos até lançar o próximo álbum. Em 1987, sai o álbum O Passarinho, voltando a gravar em 1993 outro disco de originais, um ano antes da sua morte. Tom Jobim morre em 1994.

Gosta deste artigo? Partilhe!

Deixe o seu comentário

You must be logged in to post a comment.