Mercado

Angola beneficia das novas regras de importação da China

25/04/2017 - 10:38, Commodities, featured, Markets

Segundo publicação da China Briefing, os países menos desenvolvidos que queiram aproveitar o tratamento preferencial devem registar junto das autoridades da China.

Angola está entre os quatro países de língua portuguesa que beneficiam de tratamento preferencial a ser concedido ao abrigo das novas regras de importação aprovadas pela China, avança MacauHub. A constar da lista estão Guiné-Bissau, Moçambique e Timor-Leste.

Segundo publicação da China Briefing, os países menos desenvolvidos que queiram aproveitar o tratamento preferencial devem registar junto das autoridades da China qual o produto ou produtos a exportar e provar que se trata na realidade de um produto nacional.

A fim de melhorar os aspectos administrativos relacionados com a origem dos bens importados, as “Medidas administrativas das Alfândegas da República Popular da China sobre as regras de origem dos países menos desenvolvidos com direito a receber um tratamento tarifário preferencial” entraram em vigor a 1 de Abril passado.

A República Popular da China iniciou a concessão de tratamento preferencial a produtos dos países menos desenvolvidos com relações diplomáticas bilaterais em 2002.

Gosta deste artigo? Partilhe!

Deixe o seu comentário

You must be logged in to post a comment.