Mercado

Banco do Japão trava subida dos juros da dívida

17/11/2016 - 12:04, Markets

As ‘yields’ da dívida a dois, cinco e 10 anos caíram depois do anúncio do BOJ esta quinta-feira.

Por Jornal Económico

O Banco central do Japão (BOJ), apresentou esta quinta-feira uma oferta de compra de um montante ilimitado de obrigações do governo japonês a taxas fixas, o que acontece pela primeira vez desde que o banco central adotou um novo enquadramento político, “um sinal de que está preocupado com o recente aumento das ‘yields’, refere o ‘Wall Street Journal’.

A iniciativa do BOJ segue-se a uma subida acentuada das yields da dívida soberana à escala global, provocada pelas expectativas do potencial efeito económico de algumas das promessas de Donald Trump que incluem cortes de impostos, maior investimento em infraestruturas e defesa, e a potencial desregulação do sector financeiro levem a uma aceleração da inflação e ao crescimento. A yield da dívida a 10 anos do Japão registou o valor mais alto desde março na quarta-feira.

As ‘yields’ da dívida a dois, cinco e 10 anos caíram depois do anúncio do BOJ esta quinta-feira.

Em declarações no Parlamento, o governador do Banco do Japão, Haruhiko Kuroda, disse que não permitirá que a pressão dos mercados internacionais dite o rumo das yields das obrigações do Japão, o que sublinha a sua determinação em cumprir o novo enquadramento político do banco central, informa o ‘WSJ’.

“As taxas de juro [das obrigações] podem ter subido nos EUA, mas isso não quer dizer que tenhamos automaticamente que permitir que aconteça o mesmo no Japão”, disse Kuroda, citado pelo ‘WSJ’.

 

Gosta deste artigo? Partilhe!

Deixe o seu comentário

You must be logged in to post a comment.