Mercado

Bezos deixa de ser o mais rico do mundo

05/08/2017 - 10:48, Markets

Amazon desiludiu investidores com perspectiva de resultados operacionais negativos no próximo trimestre.

O reinado de Jeff Bezos como homem mais rico do mundo durou apenas algumas horas. O líder da Amazon voltou para a segunda posição e foi ultrapassado por Bill Gates depois de a empresa ter comunicado os resultados do primeiro semestre, que desiludiram os investidores.

Com uma fortuna avaliada em cerca de 90 mil milhões USD (76,7 mil milhões EUR), o fundador da Microsoft retomou o comando dos homens mais ricos do mundo, de acordo com a Forbes e a Bloomberg. Bezos, depois do fecho da sessão de bolsa de quinta-feira, passou a ter um património avaliado em 89,3 mil milhões USD.

A Amazon apresentou na noite de quinta-feira os resultados do primeiro semestre, e os investidores não gostaram das perspectivas para os próximos meses. A retalhista de e-commerce estimou que poderá apresentar os primeiros resultados operacionais negativos pela primeira vez em dois anos no próximo trimestre, devido ao aumento do investimento em novos equipamentos e nos serviços de cloud.

Além desta previsão, a empresa anunciou uma quebra de lucros de 857 para 197 milhões USD nos primeiros seis meses de 2017, um recuo de 77% na comparação com o mesmo período de 2016. Jeff Bezos ultrapassou na quinta-feira de manhã Bill Gates como o homem mais rico do mundo. A subida das acções da Amazon na pré-abertura da bolsa tinha beneficiado o líder da Amazon, porque, quando os mercados abriram, tinha um património líquido de 90,5 mil milhões USD (cerca de 77,6 mil milhões EUR), 500 milhões USD acima da fortuna do fundador da Microsoft, segundo a Forbes.

Leia mais na edição impressa do Mercado, disponível nas bancas.

Gosta deste artigo? Partilhe!

Deixe o seu comentário

You must be logged in to post a comment.