Mercado

BODIVA transacciona 36,7% de obrigações previstas em 2015

24/09/2015 - 11:51, Bodiva, Markets

A Bolsa de Valores negociou 43,5 mil milhões Kz no Mercado de Títulos de Registo do Tesouro, entre Maio e Agosto, o que corresponde a 291 736 obrigações e bilhetes do Tesouro emitidos, com o BFA a assumir a liderança num ranking produzido pelo jornal Mercado.

Por António Pedro | Fotografia Walter Fernandes

A Bolsa de Dívida e Valores de Angola (BODIVA) registou, de Maio a Agosto do ano corrente, a negociação de 291736 obrigações do Tesouro, resultando na movimentação de 43,5 mil milhões Kz (367,1 milhões USD), segundo cálculos do jornal Mercado com base nos relatórios mensais da Sociedade Gestora de Mercados Regulamentados.
As transacções movimentadas atingiram 36,7% de 1000 milhões USD previsto para negociação em obrigações do Tesouro, até fim do ano corrente, segundo expectativa da BODIVA, no Mercado de Registo de Títulos do Tesouro.
Em Junho, a BODIVA registou a maior transacção, com 161301 obrigações e bilhetes do Tesouro (55,29% do total), movimentando, desta forma, 22,7 mil milhões Kz (197 milhões USD), um indicador que representa 52,15% do total do montante negociado.
Segue-se Julho com a negociação de 63222 obrigações do Tesouro (21,67%), com financiamentos de 9,7 mil milhões Kz (71 milhões USD), o que equivale a 22,28% do total dos financiamentos entre Maio e Agosto.
Maio e Agosto apresentam ligeira diferença em quantidade de obrigações do Tesouro negociadas. No primeiro foram registadas 27779 (9,52%), ao passo que no segundo foram 39434 (13 ,51%), proporcionado assim 5,1 mil milhões Kz (11,8% do total) e 5,9 mil milhões Kz (13,75%) para Agosto último.
Quanto às obrigações do Tesouro negociadas, de Maio a Agosto, pelos bancos intermediários da BODIVA, o BFA lidera o ranking, com 239715 (82,16%). Segue-se o Millennium Angola, com 22792 (7,9%), o BAI ocupa a terceira posição, com 21561 obrigações (7,39%), enquanto o BNI, com 7392 negociadas apenas em Agosto, entrou para a bolsa em Julho, representando 2,53% da carteira de títulos emitidos.
Os financiamentos obtidos na bolsa, através do mercado de títulos do Tesouro, colocam também o BFA na liderança, de Maio a Agosto, com um movimento de 36,3 mil milhões Kz (83,35% do total), seguido de Millennium Angola, com 3,3 mil milhões Kz (7,8%), BAI na terceira posição do ranking, com 2,7 mil milhões Kz (6,19%), e BNI, com 1,1 mil milhões Kz (2,66%), que entrou na BODIVA em Julho passado.

Obrigações em queda

A BODIVA continua a registar obrigações do Tesouro abaixo das 161301 e dos 22,7 mil milhões Kz de Junho, sobre os quais o BFA assumiu a liderança representando 84,61% do total nos dois aspectos. Em Julho, as obrigações fixaram-se em 63222, masquedaram para 39434 em Agosto.
O relatório de Agosto do Mercado de Registo de Títulos do Tesouro da BODIVA apresenta o BNI a intermediar a sua primeira transacção na bolsa, que se fixou em 19,35% de um total de 5,9 mil milhões Kz (47 milhões USD, convertidos à taxa média diária doBNA, correspondente a 125,78 Kz o dólar), superando o BAI, queficou com 2,24% do total.
As transacções de Agosto foram registadas pelo BFA (78,41%), BNI (19,35%) e pelo BAI com uma quota de mercado bolsista de 2,24%. A BODIVA diz no relatório citado que o registo das transacções no MRTT, ao dar a conhecer a todo o mercado os termos dos negócios, como preço e quantidade efectuados, concorre para o aumento datransparência e da confiança dos investidores, bem como para aformação de uma curva de preços para os activos nele registados, que deverão servir de referência para futuras transacções.

Gosta deste artigo? Partilhe!

Deixe o seu comentário

You must be logged in to post a comment.