Mercado

Grandes bancos já perderam meio bilião de dólares em 2016

11/07/2016 - 16:05, Markets

J.P. Morgan Chase & Co., Wells Fargo & Co., Bank of America Corp., Citigroup Inc., Goldman Sachs Group, Morgan Stanley, Royal Bank of Scotland PLC foram algumas das instituições analisadas pelo The Wall Street Journal.

Os grandes bancos já perderam meio bilião de dólares este ano. A notícia foi avançada a 11 de Julho, pelo The Wall Street Journal.

Segundo o jornal norte-americano, 20 dos maiores bancos do mundo perderam, em conjunto, 25% de seu valor de mercado, desde o início de 2016. No que resulta num total colectivo de perda de USD 465 bilhões.

Entre os factores a contribuir para tal prejuízo, a decisão do Reino Unido de deixar a União Europeia não está sozinha. A desaceleração da economia chinesa, a inversão da rota dos juros americanos, os preços do petróleo, são outras das causas apontadas.

Ainda no artigo publicado, nomeia a fuga de talentos como preocupação potencial. Pois à medida que as cotações das acções caem, os empregados ficam cada vez mais ansiosos.
“Outro factor importante é que um sério declínio nos valores de mercado pode alimentar a inércia entre os executivos do sector bancário. Em vez de venderem acções quando puderem, os executivos talvez decidam esperar uma recuperação do mercado e podem acabar em uma situação ainda pior caso haja novos declínios nas cotações”, determina The Wall Street Journal.

Como demonstração dos “tempos difíceis” que as instituições bancárias têm atravessado, o jornal analisou J.P. Morgan Chase & Co., Wells Fargo & Co., Bank of America Corp., Citigroup Inc., Goldman Sachs Group, Morgan Stanley, Royal Bank of Scotland PLC, HSBC Holdings, Barclays PLC, Standard Chartered PLC, UBS Group AG, Credit Suisse Group AG, BNP Paribas SA, Credit Agricole SA, Société Générale SA, UniCredit SpA, Deutsche Bank AG, Banco Santander SA, Industrial and Commercial Bank of China Ltd. e o Mitsubishi UFJ Financial Group Inc.

Segundo a Factset, firma de pesquisa, a Unicredit da Itália perdeu, em dólar, quase 70% do seu valor de mercado. A Royal Bank of Scotland perdeu cerca de 56%, Deutsche Bank e o Barclays viram o seu valor reduzido pela metade.
J.P Morgan Chase e o Industrial and Commercial Bank of China, recuaram apenas 10%.

Entretanto, os EUA, vê “a luz no fim do túnel”, por meio do Federal Reserve. O banco central americano aprovou planos de distribuição de parte dos lucros para os accionistas dos grandes bancos.

Gosta deste artigo? Partilhe!

Deixe o seu comentário

You must be logged in to post a comment.