Mercado

As dez regras de sucesso de…

19/05/2017 - 09:41, Opinião

São muitos os case studies de empresários bem-sucedidos cuja história se fez desbravando caminho com atitude, com escolhas, com lições de gestão e de vida até.

 

São muitos os case studies de empresários bem-sucedidos cuja história se fez desbravando caminho com atitude, com escolhas, com lições de gestão e de vida até. O seu modus operandis e a sua visão são uma inspiração para quem quer transformar uma ideia numa mais-valia real para si, para a sua comunidade, para o seu país. A missão é nossa. Dar-lhe a conhecer, semanalmente, as guidelines destas personalidades. O desafio fica para quem saiba retirar o melhor destes pequenos grandes ensinamentos.

Jeff Bezos inaugura a rubrica. Quando todos lhe chamavam louco por largar aquilo a que se chama de um ‘high-paid job’, Jeff Bezos seguiu em frente. Criou o Amazon.com e hoje é um dos três homens mais ricos do mundo. Aqui ficam as suas dez regras de sucesso:

1 – Não ter arrependimentos – Tinha um emprego estável em Wall Street, bem pago, e largar tudo foi uma decisão que fez em conjunto com a sua mulher. A decisão foi difícil, e o que mais queria, confessa, era projectar-se no futuro e olhar para trás sem arrependimentos. Se não tentasse, ficaria sempre na dúvida.

2 – Segue o teu coração, não a tua cabaça – Na maior parte das vezes, dizem-nos o contrário. Não é a verdade de Bezos. Afirma que o facto de o nosso intelecto se sobrepor àquilo que sentimos é impeditivo de fazer ‘coisas grandes’.

3 – Investe mais no produto do que no marketing– Mais simples parece impossível. O fundador da Amazon.com sabe que, se tiver um bom produto, o investimento em marketing pode ser reduzido.

4 – Escolhe um bom nome – O primeiro nome da Amazon foi Cadabra. Quando o advogado de Bezos pronunciou Cadaver em vez de Cadabra, soube que aquele não era o nome ideal.

5 – Legado – Uma organização que se preze deve ser um modelo. As outras empresas devem olhar-nos de forma aspiracional.

6 – Foco no consumidor – É a eterna verdade intemporal. Daqui a dez, vinte, trinta anos, o foco no consumidor é que importa. O cliente é o nosso primeiro e último alvo.

7 – Foco na sua paixão – Não podemos seguir modas. Temos de fazer sempre algo que nos apaixone, de uma forma tal, que se torne também uma realidade apaixonante para todos.

8 – Cultura empresarial – Tem de ser clara para todos. Funcionários da empresa e stakeholders. Diferentes pessoas são motivadas por diferentes coisas. E dentro dessa diversidade há um caminho comum: o da empresa.

9 – Produtos premium a preços non-premium – É o slogan da Amazon.com e o segredo do seu grandioso sucesso. Muitos produtos a baixo custo.

10 – Correr riscos – É um mal necessário para o progresso. Não conseguimos mover-nos se não corrermos riscos.

Gosta deste artigo? Partilhe!

Deixe o seu comentário

You must be logged in to post a comment.