Mercado

Perspectivas sustentáveis

03/01/2017 - 10:25, Opinião

O sistema financeiro angolano está a começar um novo ciclo. Uma nova era, em que a dinâmica da diversificação da economia exige novos procedimentos e rigor na actuação, à luz das melhores práticas internacionais de gestão eficiente de recursos.

Por Aylton Melo 

aylton.melo@mediarumo.co.ao 

O World Talent Report 2016, recentemente publicado pelo IMD, uma prestigiada instituição suíça, faz anualmente um ranking geral das 61 economias mais eficientes do mundo. Entre as quais, a África do Sul é a única nação africana que consta na 42.ª posição. O IMD avalia vários componentes à volta de três factores: investimento no desenvolvimento, capacidade para atrair, motivar e reter talentos e recursos, bem como o nível de literacia. No topo da tabela alternam posições nações como Suíça, Bélgica, Dinamarca, EUA e Singapura.

Nesses países, os governos apostam muito na qualidade do sistema de educação e na criação de um bom ambiente de negócios. O IMD comprovou, quanto melhores forem as competências dos líderes, mais eficientes se tornam as economias. Então não há dúvidas de que Angola terá de acelerar o investimento na formação dos seus quadros e na investigação científica também, com foco no sector produtivo, mas com o apoio do financeiro, para impulsionar a criação de novas formas de produção e de serviços, que criem emprego e rentabilidade. No entanto, traçar planos para o novo ano implica questionar-se sobre qual perspectiva financeira caminhar em 2017.

Naturalmente, a mais racional possível. Mas os desafios são maiores, perante um quadro tão desafiante, que envolve a restruturação de toda a economia. O jornal Mercado estará atento para antecipar os seus feitos e divulgar as acções que respondam positivamente a essa e outras orientações. Mais uma vez, oferecemos aqui um canal para Angola e de Angola para o mundo, contando que o leitor caminhe connosco.

Seguiremos a nossa nobre missão de inspirar e apoiar com o nosso trabalho as empresas e o sector financeiro de forma especializada. Prosseguiremos a caminhada, obstinados a levar até si informação com valor acrescentado. A nossa abordagem inovadora leva-nos a estar mais próximos dos nossos leitores, através das plataformas mais modernas; continuaremos a dar visibilidade às boas práticas, ao capital humano nacional e internacional, conhecidos ou não. Continuaremos a seguir de perto os diferentes mercados financeiros e não só, sempre com uma forte componente formativa também; temas novos, para o dia-a-dia do gestor privado e público; temas essenciais, para especialistas ou não, complementados por um overlook dos grandes assuntos à escala mundial.

Assim perseguiremos com paixão todo o conhecimento útil que engrandeça os negócios, a ética e a cultura organizacional das instituições. Acreditamos no País, no trabalho e nos profissionais que abraçam a causa de ajudar Angola a encontrar o seu modelo de desenvolvimento sustentável.

Gosta deste artigo? Partilhe!

Deixe o seu comentário

You must be logged in to post a comment.