Mercado

BNA em Paris para reforçar proximidade com sistema financeiro europeu

17/02/2017 - 11:51, BNA, Uncategorized

O BNA lidera a delegação da banca angolana que está na cidade de Paris desde o passado dia 15 de Fevereiro, para manutenção de relações institucionais com o Banco Central de França e alguns actores do sistema financeiro deste País.

De acordo com declarações do governador do banco central, Valter Filipe da Silva, no decorrer dos trabalhos na cidade de Paris, “o Banco Nacional de Angola está a executar um plano de adequação do sistema financeiro às normas prudenciais e boas práticas internacionais para restabelecer a credibilidade internacional e confiança no sistema financeiro angolano”, impondo, desta forma, a adopção das melhores práticas em matéria de regulação e supervisão financeira.

Sete dos maiores bancos angolanos fecharam as contas de 2016 de acordo com as Normas Internacionais de Contabilidade e de Relato Financeiro (IAS/IFRS). “É uma novidade absoluta que demonstra bem o progresso que temos vindo a fazer”, disse o governador.

A execução do plano de adequação tem produzido resultados concretos, assegurou Valter Filipe da Silva. O Grupo de Acção Financeira Internacional (GAFI) reconheceu em 2016 a solidez do regime de anti-branqueamento de capitais e combate ao financiamento do terrorismo de Angola. Por essa razão, Angola deixou de estar sujeito à monitorização do GAFI neste âmbito.

O governador do BNA afirmou também que “a nossa expectativa é que o Banco Central Europeu e a Reserva Federal dos Estados Unidos reconheçam, ainda no primeiro semestre, o Banco Nacional de Angola como entidade de equivalência em regulação e supervisão bancária”.

O trabalho do BNA tem sido desenvolvido em parceria com o FMI e o Banco Mundial, e com o apoio dos bancos centrais de Portugal, África do Sul, Itália, Reino Unido e Estados Unidos da América, com os quais estabelecemos protocolos para formação de recursos humanos e assistência técnica, disse o governador.

Gosta deste artigo? Partilhe!

Deixe o seu comentário

You must be logged in to post a comment.