Mercado

ENI: Bloco 15/06 atingirá um pico de 150 mil barris por dia

09/02/2017 - 15:53, Commodities, Finanças, Markets, Uncategorized

Segundo Eni, a produção do East Hub aumentará a produção do Projecto West Hub existente nos campos Sangos, Cinguvu e Mpungi, onde opera outro navio, o FPSO N’Goma.

A empresa italiana de petróleo Eni iniciou a produção do Projecto de Desenvolvimento do Leste, em águas profundas de Angola. O East Hub Project, como é chamado, resulta de três anos de desenvolvimento do projecto e surge com cinco meses de antecipação face ao calendário inicial.

Segundo Eni, a produção do East Hub aumentará a produção do Projecto West Hub existente nos campos Sangos, Cinguvu e Mpungi, onde opera outro navio, o FPSO N’Goma. No total, o bloco 15/06 atingirá um pico de 150 mil barris de petróleo por dia este ano.

A produção está ocorrer através do FPSO (Unidade Flutuante de Produção, Armazenamento e Descarga) Armada Olombendo, construído em Singapura, que pode gerar até 80.000 barris de petróleo por dia e compressão de até 3,4 milhões de metros cúbicos de gás por dia.

Com 9 poços e 4 colectores a uma profundidade de 450 metros, o FPSO Olombendo vai colocar em produção o campo Cabaça Sudeste, a 350 quilómetros a noroeste de Luanda e a 130 quilómetros a oeste de Soyo.

“Aproveitando nossa extensa experiência em exploração, conseguimos descobrir um total de 3 mil milhões de barris de petróleo no local através de 10 descobertas comerciais. Além disso, graças ao forte desenvolvimento de campo e gerenciamento de projectos, estamos começando a produção do East Hub com um tempo de lançamento no mercado de apenas 3 anos e 5 meses antes do previsto”, disse o CEO da Eni, Claudio Descalzi .

O East Hub Development Project está localizado no Eni-operated Block 15/06, onde a empresa italiana tem uma participação de 36,84%, enquanto a Sonangol Pesquisa e Produção controla 36,84% e a SSI Fifteen Limited controla 26,32%.

Gosta deste artigo? Partilhe!

Deixe o seu comentário

You must be logged in to post a comment.