Mercado

Bancos admitem impacto da depreciação do kwanza

11/01/2018 - 14:28, Banca, featured

O presidente da Associação Angolana de Bancos (Abanc), Amílcar Silva admitiu nesta terça-feira que o dólar sofreu cotação em 185,020 e o euro 220,771 Kwanzas, garantindo ainda que os ajustes que se vão seguir trarão impacto de várias ordens.

Amílcar Silva considerou a decisão do Banco Nacional Angola (BNA) de adoptar um regime cambial de flutuação administrada dentro de uma banda compatível com a meta de inflação e o nível das reservas internacionais líquidas, declarando-a adequada para um país como Angola, com elevadas taxas de importação.

Ajustes cambiais terão impacto no PEM

O presidente da Abanc alerta que os ajustes cambiais terão impacto no cumprimento das metas do Programa de Estabilização Macroecnómica (PEM), numa declaração que minimiza os receios de uma eventual escalada dos preços.

“Os preços sofrerão ajustes, mas haverá, certamente, algumas excepções necessárias que poderão vir a ser estabelecidas para os produtores agrícolas, entre outros, dentro do mesmo quadro”, afirmou o presidente da Abanc, em entrevista ao Jornal de Angola. Nesta terça-feira o dólar sofreu uma cotação em 185,020 e o euro 220,771 Kwanzas.

 

Gosta deste artigo? Partilhe!

Deixe o seu comentário

You must be logged in to post a comment.