Mercado

Presidente da República pede avaliação dos bancos públicos

09/01/2018 - 11:39, Banca, featured

De acordo com um despacho assinado recentemente pelo presidente da República, as participações sociais detidas pelo Estado ou por empresas públicas em instituições financeiras bancárias nacionais e estrangeiras vão ser avaliadas por um grupo de trabalho liderado pelo ministro das Finanças, Archer Mangueira.

O documento, informa ainda que, durante 45 dias o grupo de trabalho efectuará um “diagnóstico de avaliação” às instituições financeiras bancárias públicas para definir um método de reestruturação.

O grupo de trabalho agora criado integra secretário para os Assuntos Económicos do Presidente da República, a secretária de Estado para as Finanças e Tesouro e um vice-governador do Banco Nacional de Angola.

Nas reuniões deste grupo poderão ainda participar convidados mas sem direito de voto, os presidentes da Comissão de Mercado de Capitais, da Bolsa de Dívida e Valores de Angola, da empresa estatal Recredit e dos bancos de Desenvolvimento de Angola (BDA), de Poupança e Crédito (BPC) e de Comércio e Indústria (BCI).

Em Agosto de 2017, a Recredit anunciou que prevê expandir a compra de crédito malparado a mais quatro bancos comerciais – de Comércio e Indústria (BCI), Angolano de Investimentos (BAI), Keve e de Negócios Internacional (BNI), depois de já ter acertado a compra com o estatal Banco de Poupança e Crédito (BPC).

 

Gosta deste artigo? Partilhe!

Deixe o seu comentário

You must be logged in to post a comment.