Mercado

Angola entre os que mais produziram em Agosto

04/09/2017 - 12:18, Business

Angola esteve entre os membros da OPEP que mais exportações realizaram no mês de Agosto, quando a produção do cartel registou uma queda de 170 mil barris por dia (bpd), para cerca de 32,83 milhões de barris, de acordo com a Reuters, citando fontes do mercado.

Segundo o relatório mensal da OPEP referente a Agosto, Angola produziu 1,646 milhões de bpd ao longo daquele mês. A queda da produção é atribuída aos novos cortes nos fornecimentos da Líbia e à intensificação das adesões ao acordo de redução da produção. Uma redução dos fornecimentos dos dois principais produtores, Arábia Saudita e Iraque, também ajudou a aumentar a adesão da OPEP às suas restrições da produção para 89%, mais de cinco pontos percentuais em relação a Julho, mas menos que os níveis situados acima dos 90% alcançados no início do ano.

“A produção da Líbia caiu mais 350 mil bpd na semana passada”, declarou o analista de matérias-primas do Saxo Bank, Ole Hansen. A OPEP anunciou uma quota de produção de 32,50 milhões de bpd, o que inclui a Indonésia, que abandonou a organização, e não inclui a Guiné Equatorial, o mais recente membro.

A produção da OPEP em Agosto atingiu uma média de 32,68 milhões de bpd, cerca de 930 mil bpd acima da meta ajustada à saída da Indonésia e sem incluir a Guiné Equatorial. Como parte de um acordo com a Rússia e outros não-membros, a OPEP decidiu reduzir a produção em 1,2 milhões de bpd no período que vai de Janeiro último a Março do próximo ano.

Durante quase todo o ano de 2016, até Maio passado, Angola liderou a produção de petróleo em África, situando-se à frente da Nigéria (1,748 milhões de bpd), mas a decisão de OPEP no sentido de cortar a produção, o que irá durar até Março de 2018, vincula o país ao corte de 78 mil barris por dia.

Gosta deste artigo? Partilhe!

Deixe o seu comentário

You must be logged in to post a comment.