Mercado

E os nomeados para os Prémios Sirius deste ano são…

27/11/2017 - 08:42, Business, featured

No próximo dia 29, serão conhecidos os vencedores dos Sirius deste ano, numa edição dedicada ao povo angolano, sob o lema: “Um Povo, Um País”.

Por Nilza Rodrigues 
nilza.rodrigues@mediarumo.co.ao

O júri da 7.ªedição dos Prémios Sirius, promovida pela Deloitte, acaba de revelar a lista de nomeados aos prémios deste ano. A excelência, o talento e as boas práticas voltam a ser distinguidas, numa gala que terá lugar no dia 29 de Novembro, no Hotel Epic Sana, em Luanda.

Esta edição será dedicada ao povo angolano e à República de Angola, sob o lema “Um povo, Um País”, numa homenagem à forma elevada como Angola tem sabido desenhar e conduzir os seus destinos e afirmar-se internacionalmente, granjeando respeito e admiração. Este ano, o corpo de jurados é composto por Fernando Pacheco, Gilberto Luther, Henda Inglês, José Severino  e  Laurinda  Hoygaard,  em sequência da saída de alguns membros do júri para cargos públicos.

São dez as categorias da 7.ª edição dos Prémios Sirius: Empresa do Ano do Sector Financeiro, Empresa do Ano do Sector não-Financeiro, Melhor Relatório de Gestã o e Contas do Sector Financeiro, Melhor Relatório de Gestão e Contas do Sector não-Financeiro, Gestor do Ano, Melhor Investimento Directo Estrangeiro, Melhor Programa de Responsabilidade Social, Melhor Programa de Desenvolvimento do Capital Humano, Empreendedor do Ano e Melhor Empresa Exportadora.

Na categoria de Melhor Gestor do Ano, a categoria mais aguardada da noite, para a qual estão nomeados este ano António Nunes (Angola Cables), Carlos Duarte (Nossa Seguros), Dias dos Santos (Clínica Multiperfil), Guilherme Mogas (Tri-Alumínio) e Jaime  Freitas/Elisabeth  Izidoro (Grupo  Cosal) ,  os  critérios  de nomeação são: experiência relevante em órgãos de administração de empresas públicas e/ou privadas; envolvimento directo, enquanto gestor, em fases transformacionais de empresas, criando valor e afirmando-as como  centros  empresariais  de  excelência;  percepção  geral  de  liderança, visão estratégica, integridade, consistência de actuação, elevada  reputação,  notoriedade; aceitação junto dos pares como uma personalidade de elevada estatura enquanto  cidadão  e  gestor;  percepção de que é (ou pode ser) uma positiva referência para as gerações mais jovens e para os futuros empreendedores, gestores e líderes e sensibilidade para as questões sociais e culturais e para a relevância do conhecimento e do talento na afirmação  da  excelência  nas  organizações e na construção de uma sociedade  m a i s  moderna  e empreendedora.

No próximo dia 29 serão, assim, conhecidos os vencedores pelo seu trabalho e actuação no passado, mas sempre com acrescida responsabilidade no futuro .

Gosta deste artigo? Partilhe!

Deixe o seu comentário

You must be logged in to post a comment.