Mercado

Madeira rende cerca de 18 milhões de Kwanzas em 2017

20/12/2017 - 16:23, Business, featured

A notícia foi avançada esta semana pelo director do Instituto de Desenvolvimento Florestal, Abel Zamba

Cerca de vinte e cinco empresas nacionais licenciadas para a exploração de madeira, na província do Cunene, contribuíram este ano, com 18 milhões e 442 mil e 740 Kwanzas, contra dois mil e 500 Kwanzas em 2016, no pagamento de impostos ao Estado.

O director do Instituto de Desenvolvimento Florestal, Abel Zamba em entrevista a Angop, afirmou que aumento das contribuições fiscais deveu-se ao número de empresas vocacionadas para a exploração de madeira na província do Cunene.

Durante o ano corrente, as empresas realizaram corte de árvores na ordem dos sete mil e 300 metros cúbicos (m3), nos municípios do Cuanhama, Cuvelai e Namacunde.

“A  madeira explorada no Cunene tem como destino o mercado nacional na fabricação de mobílias, a outra parte é exportada para o Vietname e China”, disse o director!

 

 

Gosta deste artigo? Partilhe!

Deixe o seu comentário

You must be logged in to post a comment.