Mercado

Comércio informal representa 80% do comércio total em Angola

06/10/2017 - 10:31, Gestão

“Um dado que torna precário e vulnerável o crescimento e o desenvolvimento da economia angolana”, afirmam técnicos ligados ao programa de transferência de toda a actividade comercial informal para o circuito oficial.

O comércio informal ou paralelo em Angola representa 80% do total, avança o Jornal de Angola.

Segundo programa, iniciado a 11 de Setembro passado nos principais mercados da capital angolana, registou nos primeiros oito dias, apenas no “Mercado do Km 30”, em Viana, 4600 agentes económicos fora do sistema fiscal, que exercem a venda de mercadorias diversas em bancadas.

“Um dado que torna precário e vulnerável o crescimento e o desenvolvimento da economia angolana”, afirmam técnicos ligados ao programa de transferência de toda a actividade comercial informal para o circuito oficial.

Dados fornecidos pela administração daquele mercado que mostram a existência de outros 455 contribuintes a exercerem o mercado por grosso mediante alvarás alugados de venda a retalho, situações que foram identificadas pelos técnicos dos ministérios das Finanças, Comércio, Interior, Pescas, Agricultura e Saúde.

Gosta deste artigo? Partilhe!

Deixe o seu comentário

You must be logged in to post a comment.