Mercado

ASM forma quadros em direcção de empresas

19/12/2017 - 15:04, featured, Universidade

Participantes aperfeiçoaram as capacidades de análise e de resolução de problemas complexos, recorrendo a ferramentas básicas de gestão.

Por Fernando Baxi

fernando.baxi@mediarumo.co.ao

Vinte e oito estudantes concluíram, recentemente, em Luanda, o XI Programa de Direcção de Empresas (PDE), ministrado pela Angola School of Management (ASM), parceira da AESE Business School de Portugal, que forma executivos desde 1980. Preparado para gestores com cinco anos de experiência de direcção, empresários e gestores de PME, o curso teve a duração de seis meses ( Julho a Dezembro de 2017), tendo sido ministradas aulas ligadas à política de empresas (desenho da estratégia e a mudança organizacional) e política comercial e marketing(o mercado, a marca e o produto).

No XI PDE da ASM/AESE também foram ministradas aulas de economia, finanças, controlo e contabilidade (análise, previsão, planeamento e controlo) e factor humano na organização (motivação, valores e liderança), assim como operações, tecnologia e inovação (eficiência e satisfação do cliente).

Para além de Luanda, Lisboa (Portugal) acolheu a segunda etapa da formação, denominada Semana Internacional, em que os estudantes tiveram a oportunidade de conviver “de forma mais vigorosa” com docentes da ASM/AESE, num contexto macroeconómico e empresarial diferente da realidade habitual, garante a ASM.

Face ao conteúdo programático, os participantes puderam aperfeiçoar a capacidade de análise e resolução de problemas complexos, melhorar a utilização de ferramentas básicas de gestão, desenvolver melhor compreensão da organização, no confronto com estratégias e modelos de negócios.

Durante o XI PDE, que se iniciou em 13 de Julho passado, os estudantes adquiriram uma perspectiva integrada da empresa, melhorando a eficácia como gestores, através da discussão de cerca de cem casos e da aprendizagem pelo testemunho de gestores com carreiras relevantes nos mercados nacional e internacional.

Tendo em conta o programa do curso, segundo a ASM/AESE, os 28 recém-formados puderam confrontar, na “franca” interacção com os outros participantes, as suas práticas de gestão e desenvolver planos rigorosos e realistas.

Balanço positivo

Para Benjamin Gerard, presidente do grupo de estudantes que frequentou o XI PDE, foi “gratificante” fazer esta formação em Angola, com um “alto nível de qualidade, tanto nos conteúdos como no quadro docente e infra-estrutura”. O responsável considerou “positivas” todas as fases da formação, “sendo marcante a Semana Internacional pelos conteúdos”. Gerard é um empreendedor há 12 anos, por isso está convicto de que as ferramentas adquiridas no XI PDE serão uma mais-valia. “Pelo tempo de duração do curso, todas as semanas foram complexas de gerir”, afirma.

Mas nunca pensou em desistir. José Maria Wanassi, deanda ASM, explica que a escola se dedica à formação e aperfeiçoamento de líderes empresariais com os mais elevados padrões de exigência e excelência, baseando o ensino no método do estudo de caso.

“Comprometida com a qualidade do mercado de trabalho angolano, a ASM selecciona e disponibiliza o que de melhor se faz pelo mundo, no âmbito da formação para empresários e dirigentes de empresas, e vem consolidando a sua afirmação, constituindo–se numa referência obrigatória neste ramo em Angola”, afirma.

Enquanto escola de direcção e negócios, a ASM “posiciona-se como centro de investigação e de geração de conhecimento sobre as empresas angolanas em Angola”, adianta José Wanassi, referindo que a AESE e IESE acompanham a ASM desde o primeiro momento “pondo ao seu serviço o know-howdo corpo docente”.

“Com experiência de 33 e 56 anos na formação de executivos, têm demonstrado um empenho renovado na formação de professores angolanos, na metodologia do caso aplicado à gestão, em prol da maximização do potencial dos profissionais em Angola, de modo relevante para a realidade do País”, argumento o deanda ASM, referindo-se ao contributo das escolas parceiras portuguesa e espanhola.

Gosta deste artigo? Partilhe!

Deixe o seu comentário

You must be logged in to post a comment.