Mercado

Angola regista défice de produção de sal

21/12/2017 - 10:28, featured, Markets

O Executivo autorizou a importação de cem mil toneladas de sal por ano para cobrir o défice de produção, admitiu a ministra das Pescas e do Mar num encontro de auscultação realizado nesta quarta-feira com a Associação Nacional dos Produtores de Sal de Angola.

Durante o encontro de auscultação com os produtores de sal, constatou-se que o país necessita aproximadamente 250 mil toneladas de sal anuais para o consumo industrial, humano e também animal. Porém verificou-se que a produção actual encontra-se em 93 mil toneladas, havendo um défice de cerca de 150 mil toneladas.

A ministra das pescas Victória de Barros Neto revelou que Angola tem um grande potencial para a produção de sal marinho e condições climatéricas favoráveis, que permite atingir a auto-suficiência e criar excedentes para a exportação.

Victoria Neto referenciou ainda, que os dados da direcção nacional de produção e iodização do sal indicam 272.982,2 toneladas de sal comum, das quais 256.300,6 toneladas foram iodizadas nos últimos cinco anos.

“De Janeiro e Novembro do ano corrente foram produzidos 96,822,4 toneladas, das quais 9.856,2 toneladas iodizadas verificou-se um défice de cerca de 132.344 toneladas”, concluiu!

 

Gosta deste artigo? Partilhe!

Deixe o seu comentário

You must be logged in to post a comment.