Mercado

Cabo Submarino chega ao Brasil

22/02/2018 - 09:56, featured, Markets

A Angola Cables anunciou nesta quarta-feira que a instalação do cabo submarino em fibra óptica entre África e América do Sul fica concluído esta quinta-feira, para que se estabeleça uma comunicação directa entre os dois continentes.

De acordo com um comunicado da Angola Cables, dona do cabo submarino SACS, a ligação trará melhorias significativas nas comunicações entre Angola, os países africanos e as Américas, assim como a redução do tempo de espera.

O SACS incorpora tecnologia óptica capaz de disponibilizar o mais avançado sistema de telecomunicações submarino. O Cabo Submarino terá uma capacidade inicial de 40 terabits por segundos (tpbs), equivalente a 100 gigabits por segundo (gbps) x 100 comprimento de onda x 4 pares de fibra.

Segundo António Nunes os conteúdos produzidos nestas regiões e a conectividade internacional, disponibilizados pelos cabos submarinos poderão criar grandes benefícios económicos principalmente para o país, com grande potencial de atracção de empresas tecnológicas da região que precisem de elevada conectividade.

Outro ponto relevante deste serviço de telecomunicações é a ligação directa entre os continentes africano e sul-americano, tornar-se numa rota mais rápida e de elevada capacidade.

Com a entrada em funcionamento, no terceiro trimestre deste ano, fica mais próxima de se tornar num dos centros das telecomunicações na região subsaariana.

 

Gosta deste artigo? Partilhe!

Deixe o seu comentário

You must be logged in to post a comment.