Mercado

Luanda Cartoon está de volta ao Centro Cultural Camões

25/08/2017 - 09:44, + Mercado

O maior festival de BD do País arranca hoje, mas só com a ‘prata da casa’.
Artistas animam exposições, workshops e debates durante uma semana.

Por Roberto Alves | Fotografia Njoi Fontes 

A 14.ª edição do festival de banda desenhada Luanda Cartoon arranca hoje no Camões – Centro Cultural Português, em Luanda, e vai até 1 de Setembro.
Ao contrário das duas ultimas edições, que contaram com a participação de artistas de países africanos de língua oficial portuguesa (PALOP), neste ano, segundo a organização, apenas artistas nacionais marcarão presença.

De resto, o Luanda Cartoon regressa com os momentos e actividades já conhecidos por quem costuma marcar presença no festival.

Como é da ‘praxe’, estará patente uma exposição de caricaturas e de bandas desenhadas (BD), serão exibidas curtas animações, haverá venda de obras e sessões de autógrafos de revistas, álbuns e fanzines de BD. Outro momento alto costumam ser os workshops, por isso a organização prevê a realização de conversas sobre banda desenhada e pocket shows.

O Luanda Cartoon foi criado em 2003 pelos irmãos cartoonistas Lindomar de Sousa e Olímpio de Sousa. Desde então, foi ganhando escala e qualidade, até atingir dimensão internacional, em 2010. Actualmente, o festival é o único do género em Angola e um dos mais importantes eventos de BD ao nível da África Austral.

De acordo com uma nota da organização, é já o maior a nível dos PALOP.

O Estúdio Olindomar, que geralmente costuma também promover o evento, lembra que o Luanda Cartoon visa, desde o início, educar as populações sobre os mais variados aspectos sociais, sendo um veículo importante para a transmissão de valores morais e cívicos.

Geralmente, participam entre 17 e 24 artistas, sendo que, na última edição, o festival teve as presenças do brasileiro Eduardo Pinto Barbier, do português Osvaldo Medina e dos artistas nacionais Tché Gourgel, Vavá e Casimiro Pedro, entre outros.

As primeiras três edições do Luanda Cartoon foram feitas trimestralmente, até 2005, sendo que em 2006 passou a ser anual.

Gosta deste artigo? Partilhe!

Deixe o seu comentário

You must be logged in to post a comment.