Mercado

CMC torna-se Membro Ordinário da Organização Internacional das Comissões de Valores Mobiliários

18/08/2017 - 08:32, Markets, Uncategorized

A oficialização da passagem da CMC de membro associado para membro ordinário ocorreu em Julho após a assinatura do Memorando de Entendimento Multilateral da IOSCO.

A Comissão do Mercado de Capitais (CMC) foi oficialmente admitida como membro ordinário da Organização Internacional das Comissões de Valores Mobiliários (IOSCO, na sigla em inglês) concretizando assim um dos objectivos da sua estratégia para dotar o sistema financeiro angolano de um mercado de valores mobiliários transparente e eficiente.

A oficialização da passagem da CMC de membro associado para membro ordinário ocorreu em Julho após a assinatura do Memorando de Entendimento Multilateral da IOSCO (MMoU, na sigla em inglês).

Segundo a Presidente da CMC, Vera Daves, “a integração na IOSCO tem um peso inquestionável na credibilização do sistema financeiro nacional. Quando nos tornámos membros associados já foi para nós uma grande vitória porque de forma muito pragmática passamos a estar no mapa daquele que é o panorama mundial a nível do mercado de valores mobiliários. Agora que nos tornámos membros ordinários passamos a ter o direito e a responsabilidade de partilha de informação sobre o mercado de valores mobiliários e sobre as transacções que nele ocorrem”. Acrescenta ainda que “esta passagem tem um grau elevado de exigência subjacente. Uma exigência certa, a exigência que nós precisamos e no momento em que mais precisamos. Os olhos estão postos em nós, no nosso mercado de valores mobiliários e no nosso sistema financeiro, pelo que precisamos de estar preparados para enfrentar todos os desafios que daí advêm”.

“Vamos poder participar em vários comités onde as entidades reguladoras do mercado de valores mobiliários do mundo todo partilham informação relevante. Vamos ter, também acesso a um conjunto de ferramentas através dos mecanismos de assistência técnica que vão permitir que a CMC aprimore a sua capacidade de supervisão do mercado”, acrescenta Vera Daves.

Gosta deste artigo? Partilhe!

Deixe o seu comentário

You must be logged in to post a comment.